A Arte como Elemento de Crítica na Crise da Cultura

Autores

  • Carlos A. Tavares Jr Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Cultura, Arte, Crítica, Sociedade

Resumo

O teor da arte remete a priori uma referência das faculdades do pensamento e filosófico, que justifica um momento de abstração e produção relativizada diante das ciências duras. Quando a arte passa a ser relacionada na obra de György Lukács, surge uma forma de questionar como as relações humanas ficaram comprometidas a partir da rotina socioeconômica emanada pela reificação do capital. Entretanto, Lukács, ao longo de sua trajetória intelectual, muda seu cerne conceitual diversas vezes e conduz a visão totalizante da hermenêutica para uma crise percebida diante da mobilidade dialética da história e da cultura.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos A. Tavares Jr, Universidade de São Paulo

Bacharel em Comunicação Social, habilitação em Radialismo, com especialização em Mídia, Informação e Cultura. Mestrando em Ciências da Comunicação no PPGCOM da ECA/USP

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Tavares Jr, C. A. (2012). A Arte como Elemento de Crítica na Crise da Cultura. Revista Extraprensa, 5(2), 46-55. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/extraprensa/article/view/77248