A Estrutura Filológica da Tragédia Grega: a propósito da “Introdução à tragédia de Sófocles” de Nietzsche

  • Ronaldo Tadeu de Souza Universidade de São Paulo

Resumo

Resenha de Introdução à Tragédia de Sófocles, de Friedrich Nietzsche, tradução de Marcos Sinésio Pereira Fernandes (São Paulo: Martins Fontes, 2014)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fichte, J. G. (2014). O Destino do Erudito. São Paulo: Hedra.

Marx, K. (1974). Introdução à Crítica da Economia Política. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural.

Nietzsche, F. (2014). Introdução à Tragédia de Sófocles. São Paulo: Martins Fontes.

Videira, M. (2009). Resenha de Arte e Filosofia no Idealismo Alemão, organizado por Marco Aurélio Werle e Pedro Fernandes Galé. São Paulo: Barcarolla, 2009. Cadernos de Filosofia Alemã, 14, pp.147-151

Werle, M. A. (2005). O Lugar de Kant na Fundamentação da Estética como Disciplina Filosófica. Revista Dois Pontos, 2(2), pp.129-143.

Publicado
2016-12-12
Como Citar
Souza, R. (2016). A Estrutura Filológica da Tragédia Grega: a propósito da “Introdução à tragédia de Sófocles” de Nietzsche. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 21(2), 117-123. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v21i2p117-123
Seção
Resenhas