Razão, filosofia e formação em Max Horkheimer

  • Franciele Bete Petry Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Max Horkheimer, razão, filosofia, formação (Bildung)

Resumo

O artigo busca discutir a função social atribuída à filosofia por Horkheimer levando em consideração sua crítica à razão. Esta será reconstruída na primeira seção, a qual mostrará como a razão sofreu um processo de esvaziamento de seus conteúdos objetivos, o que resultou no predomínio de uma razão instrumental orientada para a mera autoconservação do indivíduo. Na segunda seção, discutiremos a posição de Horkheimer de que a resistência a esse processo seria possível a partir do exercício de um pensamento não conformista, que se identifica à filosofia, e que busca trazer razão ao mundo ao refletir criticamente sobre a estrutura social e suas contradições. Destacaremos, por fim, a importância da formação (Bildung) no contexto da Universidade, instituição valorizada por Horkheimer pelo humanismo capaz de mobilizar para a resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Chiarello, M. G. (2001). Das lágrimas das coisas. Estudo sobre o conceito de natureza em Max Horkheimer. Campinas: Unicamp.

Gabarotta, E. (2014). Hacia una teoría crítica reflexiva. Max Horkheimer, Theodor W. Adorno y Pierre Bourdieu. Buenos Aires: Prometeo Libros.

Horkheimer, M. (1939-1940). The Social Function of Philosophy. Studies in Philosophy and Social Science, VIII.

____________. (1941a). Art and mass culture. Studies in Philosophy and Social Science, IX.

____________. (1941b). The End of Reason. Studies in Philosophy and Social Science, IX.

____________. (1985a). "Begriff der Bildung". In: Schmidt, A.; Schmid-Noerr, G. (Orgs.). Horkheimer Gesammelte Schriften. Frankfurt am Main: Fischer, v. 8, pp.409-419. [1952].

____________. (1985b). "Philosophie und Studium". In: Schmidt, A.; Schmid-Noerr, G. (Orgs.). Horkheimer Gesammelte Schriften. Frankfurt am Main: Fischer,. v.8, pp.361-377. [1949].

____________. (2015). Eclipse da razão. São Paulo: Unesp. [1947]

Klein, S. (2014). Notas Sobre a Universidade e o Conceito de Formação em Max Horkheimer. Trans/Form/Ação, 37(2), pp.167-184.

____________. (2012). A universidade e a sociologia em Max Horkheimer: teoria, pesquisa e crítica. São Paulo. 300f. Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Sociologia.

Silva, R. C. (2009). "Educação para a resistência em Max Horkheimer". In: Bueno, S. F. (Org.). Teoria crítica e sociedade contemporânea. São Paulo: UNESP.

Publicado
2017-10-04
Como Citar
Petry, F. (2017). Razão, filosofia e formação em Max Horkheimer. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 22(2), 77-91. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v22i2p77-91
Seção
Artigos