A conjunção et na definição ciceroniana de populus

  • Luiz Marcos da Silva Filho Universidade Federal de Lavras
Palavras-chave: Res publica, Populus, Justiça, Utilidade comum, Estoicismo

Resumo

Trata-se de investigar o papel desempenhado pela conjunção et na definição ciceroniana de populus: “Povo [...] é a união de inumeráveis homens associados por assentimento de direito e utilidade comum”. Tal partícula ou bem cumpre função aditiva, ou bem consecutiva, de forma que a questão a ser respondida é: “assentimento de direito” e “utilidade comum” são constituídos simultaneamente na fundação da res publica ou há anterioridade condicionante de um em relação ao outro? 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Marcos da Silva Filho, Universidade Federal de Lavras
Professor de Filosofia Medieval no Departamento de Filosofia
Publicado
2013-06-14
Como Citar
Silva Filho, L. M. (2013). A conjunção et na definição ciceroniana de populus. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, (21), 85-96. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i21p85-96
Seção
Artigos