Identidade volitiva: a contribuição de Fichte para a explicitação do conceito de pessoa

  • Christian Klotz UFSM
Palavras-chave: Fichte, Autoconsciência, Identidade prática

Resumo

Na sua Doutrina da Ciência nova methodo, Fichte defende que só ao identificar-se com uma determinação volitiva que submete as suas ações sob uma exigência ‘categórica’, um sujeito alcança uma determinada concepção de si. O artigo presente tem por objetivo mostrar que esta tese fichtiana envolve uma noção de identidade volitiva que antecipa concepções contemporâneas da identidade prática de pessoas, tal como têm sido sugeridas por H. Frankfurt e Chr. Korsgaard. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-12-14
Como Citar
Klotz, C. (2008). Identidade volitiva: a contribuição de Fichte para a explicitação do conceito de pessoa. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, (12), 11-28. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i12p11-28
Seção
Artigos