Portal da USP Portal da USP Portal da USP

O sujeito do conhecimento – o objeto da ação: a “passagem”, identidade e diferença na filosofia de Arthur Schopenhauer

Margit Ruffing

Resumo


No presente texto, buscarei levar a sério as tensões ou mesmo contradições da filosofia de Schopenhauer e tentarei compreendê-las ao invés de censurar o filósofo por irracionalidade ou inconsequência. A primeira parte do texto analisa a teoria do conhecimento de Schopenhauer sob os aspectos da diferença e da passagem, e a segunda investiga o liame entre a ética e a estética buscando uma resposta para a questão da identidade presente na determinação da compaixão como expressão do conhecimento da unidade da vontade. 

 


Palavras-chave


Conhecimento; Ação; Identidade; Diferença; Passagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i13p11-28

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADO POR:  International Philosophical Bibliography - Répertoire bibliographique de la philosophie; Latindex; The Philosopher's Index; Ulrich’s Periodicals Directory; REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico). ESTRATO A2 NO QUALIS DA CAPES.