A “gramática saudável” de Kant

  • Pedro Paulo Garrido Pimenta Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Lógica, Gramática, Transcendental, Razão, Espontaneidade

Resumo

Trata-se de ler uma passagem recorrente nos cursos de lógica de Kant para examinar as razões para que o filósofo tenha insistido na comparação entre lógica e gramática a propósito do tópico da espontaneidade da razão. Sugerimos que a discussão desse tópico está estreitamente vinculada à definição do que se entende na Crítica por “filosofia como sistema”. 


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Paulo Garrido Pimenta, Universidade de São Paulo

Professor do Departamento de Filosofia da
Universidade de São Paulo (USP)

Publicado
2010-06-14
Como Citar
Pimenta, P. P. (2010). A “gramática saudável” de Kant. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, (15), 11-26. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i15p11-26
Seção
Artigos