Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A “gramática saudável” de Kant

Pedro Paulo Garrido Pimenta

Resumo


Trata-se de ler uma passagem recorrente nos cursos de lógica de Kant para examinar as razões para que o filósofo tenha insistido na comparação entre lógica e gramática a propósito do tópico da espontaneidade da razão. Sugerimos que a discussão desse tópico está estreitamente vinculada à definição do que se entende na Crítica por “filosofia como sistema”. 



Palavras-chave


Lógica; Gramática; Transcendental; Razão; Espontaneidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i15p11-26

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADO POR:  International Philosophical Bibliography / Répertoire bibliographique de la philosophie; International Directory of Philosophy; Latindex; The Philosopher's Index; Ulrich’s Periodicals Directory; REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico);European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences (ERIH PLUS). ESTRATO A2 NO QUALIS DA CAPES.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.