Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Martial Guéroult, crítico da crítica hegeliana. Observações sobre o lugar da exegese em filosofia

Sílvio Rosa Filho

Resumo


Trata-se de mostrar em que sentido é possível falar de limitações da leitura estrutural aplicada à filosofia hegeliana, especificamente quando esta elabora a crítica da moralidade de Kant. A partir da análise empreendida por um artigo de M. Guéroult acerca do tema, faz-se uma comparação entre os princípios por ela assumidos sobretudo na dianoemática, isto de um lado, e, de outro, as exigências teóricas e práticas que, propriamente hegelianas, presidem o desdobramento da crítica.

Palavras-chave


Crítica; Sistema; moralidade; Deslocamentos; Método e doutrina estruturais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i1p5-41

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADO POR:  International Philosophical Bibliography / Répertoire bibliographique de la philosophie; International Directory of Philosophy; Latindex; The Philosopher's Index; Ulrich’s Periodicals Directory; REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico);European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences (ERIH PLUS). ESTRATO A2 NO QUALIS DA CAPES.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.