Crítica e Justificação em Rainer Forst

  • Rúrion Melo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Palavras-chave: Crítica, Justificação, Rainer Forst, Teoria crítica, Teoria política normativa

Resumo

O presente texto procura analisar as características principais do projeto em desenvolvimento de uma teoria crítica da política elaborado por Rainer Forst. Após identificar rapidamente a posição de Forst no quadro da teoria crítica, apresentarei a ideia dos “contextos de justificação”. Em seguida, com base em seus escritos mais recentes, pretendo mostrar de que maneira uma teoria crítica da sociedade baseada na “crítica das relações de justificação” está vinculada propriamente a questões da filosofia política normativa. Por fim, com o intuito de avaliar sua teoria de maneira crítica, levantarei alguns problemas que dizem respeito ao método “construtivista” assumido pelo autor e apontarei algumas dificuldades em se fundamentar uma crítica da sociedade em uma teoria construtivista que, ao que parece, está fundada no primado “moral”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rúrion Melo, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Professor de Ciência Política na Universidade de São Paulo e pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Publicado
2013-12-15
Como Citar
Melo, R. (2013). Crítica e Justificação em Rainer Forst. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, (22), 11-30. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i22p11-30
Seção
Artigos