Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Nota sobre as origens da filosofia da história

Pedro Paulo Pimenta

Resumo


Trata-se de encontrar, na interpretação que Kant e Herder respectivamente propõem da história filosófica de David Hume, uma das fontes daquela disciplina do pensamento filosófico que, a partir da denominação de Herder, ficou conhecida como filosofia da história.

Palavras-chave


filosofia;história; experiência; antropologia; transcendental

Texto completo:

PDF

Referências


GIBBON, E. Essai sur l’étude de la littérature. In: Ensaios sobre história. Tradução de Pedro Paulo Pimenta. São Paulo: Iluminuras, 2014.

GIBBON, E. Essai sur l’étude de la littérature. Edição eletrônica. Eighteenth Century Collections online.

GIBBON, E. Declínio e queda do império romano. Tradução de José Paulo Paes. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

HERDER, J. G. Da diversidade de gosto e maneira de pensar entre os homens (1766). In: Philosophical writings. Edição e tradução de Michael N. Forster. Cambridge: University Press, 2002.

HERDER, J. G. Fragmento sobre a história (1767 – 68). In: Philosophical writings. Edição e tradução de Michael N. Forster. Cambridge: University Press, 2002.

HERDER, J. G. Também uma filosofia da história. Tradução de J. M. Justo. Lisboa: Antígona, 1995.

HOLANDA, S. B. Uma doença infantil da historiografia. In: Escritos coligidos, vol. 2. Org. Marcos Costa. São Paulo: Unesp/Fundação Perseu Abramo, 2011.

HUME, D. A treatise of human nature. Ed. Selby-Bigge/Nidditch. Oxford: Clarendon Press, 1978.

HUME, D. The history of England, from the invasion of Julius Caesar to the 1688 revolution. Ed. William B. Todd, 6 vols. Indianapolis: Liberty Fund, 1983.

HUME, D. Of the populousness of ancient nations. In: Essays. moral. political. and literary. Ed. E. F. Miller. Indianapolis: Liberty Fund, 1985.

HUME, D. Da liberdade civil. In: A arte de escrever ensaio. Org. Pedro Paulo Pimenta. Tradução de Pedro Paulo Pimenta e Márcio Suzuki. São Paulo: Iluminuras, 2011.

HUME, D. Philosophical essays concerning human understanding. 2ª edição, 1751. Ed. fac-símile. Hildesheim/New York: Olms Verlag, 1978.

KANT, I. Ideia de uma história universal de um ponto de vista cosmopolita. Organização e tradução de Ricardo Ribeiro Terra. 2ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

KANT, I. Começo conjectural da história humana. Tradução de Edmilson Menezes. São Paulo: UNESP, 2009.

KANT, I. Antropologia Friedländer. In: Lectures on anthropology. Org. A. Wood e R. Louden. Cambridge: University Press, 2012. (Tradução desse curso: G. F. Munzel).

LÉVI-STRAUSS, C. L’éthnologie devant la condition humaine. In: Le regard eloignée. Paris: Plon, 1983.

MOMIGLIANO, A. Tacitus and the tacitist tradition. In: The classical foundations of modern historiography. Berkeley: University of California Press, 1990.

ZAMMITTO, J. Kant. Herder and the birth of anthropology. Chicago: University of Chicago Press, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v19i2p13-25

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADO POR:  International Philosophical Bibliography - Répertoire bibliographique de la philosophie; Latindex; The Philosopher's Index; Ulrich’s Periodicals Directory; REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico). ESTRATO A2 NO QUALIS DA CAPES.