[1]
Chaves, E. 2010. “Não se pode falar de Nietzsche, sem relacioná-lo claramente à atualidade”: O Nietzsche “francês” nas páginas da Zeitschrift für Sozialforschung”. Cadernos de Filosofia Alemã: Crítica e Modernidade. 16 (dez. 2010), 147-165. DOI:https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i16p147-165.