Uma revisão do conceito de texto e suas implicações para os estudos filológicos

  • Luiz Eleildo Pereira Alves Universidade Estadual do Ceará
  • Expedito  Eloísio Ximenes Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Filologia, Texto, Linguística textual

Resumo

As transformações conceituais da Linguística, nos últimos anos, têm proposto uma revisão de conceitos caros aos estudos da linguagem; dentre eles, o conceito de texto. Ultimamente, defende-se, sobretudo na Linguística Textual, que esse objeto deve ser contemplado para além de seus componentes materiais. Tendo em vista a relevância dessa discussão, julgamos ser conveniente apresentar neste artigo como as metamorfoses conceituais pelas quais a Filologia passou têm, ao nosso ver, uma intrínseca relação com o status que o texto veio incorporando, sobretudo, dentro dos estudos da Linguística Textual.  Dessa forma, neste trabalho, aprofundamos a discussão que já sinalizamos em Alves (2016), onde discutimos o conceito de Filologia Textual, já apresentado em trabalhos como os de Santos e Souza (2012), Gama e Telles (2006) e Teixeira (2008). Argumentamos no sentido de mostrar como perspectivas teóricas da Linguística de Texto tendem a contribuir com o desenvolvimento das pesquisas no campo da Filologia, estabelecendo uma interface entre essas duas áreas do estudo da linguagem.

Referências

Alves LEP. Filologia textual e linguística textual: estudo de textos setecentistas à luz da teoria da acessibilidade [dissertação]. Fortaleza: Centro de Humanidades, Universidade Estadual do Ceará; 2016.

Alves LEP, Ximenes EE, Santos HLG. Para além das traças: desdobramentos contemporâneos das pesquisas filológicas. Revista Philologus. 2016;22(65):121-132. [citado 25 out. 2016]. Disponível em: http://www.filologia.org.br/revista.

Assis JMM. Dom Casmurro. Estabelecimento de texto de Santiago-Almeida MM, introdução de Fischer LA. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras; 2016.

Auerbach E. Introdução aos estudos literários. Paes JP, tradutor. 12ª ed. São Paulo: Cultrix; 1972.

Austin J. How to do things with words. 2ª ed. Cambridge: Harvard University Press; 1962.

Bakhtin M (Volochínov VN). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec; 2012.

Bassetto BF. Elementos de filologia românica: história externa das línguas. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo; 2001.

Beaugrande RD. New foundations for a science of text and discourse. Freedom of access to knowledge and society through discourse. Norwood: Ablex; 1997.

Bentes AC. Linguística textual. In: Mussalim F, Bentes AC, organizadoras. Introdução à linguística: domínios e fronteiras. 9ª ed. São Paulo: Cortez; 2012. p. 261-301.

Bentes AC, Rezende CR. Conceitos, questões e fronteiras [con]textuais. In: Signorini I, organizadora. [Re]discutir texto, gênero e discurso. São Paulo: Parábola Editorial; 2008.

Câmara Jr JM. História da linguística. Petrópolis: Vozes; 1975.

Cambraia CN. Introdução à crítica textual. São Paulo: Martins Fontes; 2005.

Coulmas F. Escrita e sociedade. Bagno M, tradutor. São Paulo: Parábola Editorial; 2014.

Dubois J, et al. Dicionário de linguística. 17ª ed. São Paulo: Cultrix; 2011.

Gabas Jr N. Linguística histórica. In: Mussalim F, Bentes AC, organizadoras. Introdução à linguística: domínios e fronteiras. 9ª ed. São Paulo: Cortez; 2012. p. 85-112.

Gama AR, Telles CM. Perspectivas da filologia textual. Revista do GELNE (UFC). 2006;4(1-2):172-175.

Grice P. Logic and conversation. In: Studies in the way of words. Harvard: University Press; 1989.

Hanks WF. Língua como prática social: das relações entre língua, cultura e sociedade a partir de Bourdieu e Bakhtin. São Paulo: Cortez; 2008.

Koch IGV. Desvendando os segredos do texto. 7ª ed. São Paulo: Cortez; 2002.

Koch IGV. As tramas do texto. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 2008.

Lamas OL. Bolonia, la filologia y venus ante el espejo. Revista electrónica de estúdios filológicos. 2009;17:online. [citado 20 jan. 2016]. Disponível em https://www.um.es/tonosdigital/znum17/portada/monotonos/monotonos.htm.

Lamas OL. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial; 2008.

Marquilhas MRB. Filologia. In: Ceia C, organizador. E-Dicionário de termos literários. 2008. [citado 18 jul. 2015]. Disponível em http://edtl.fcsh.unl.pt/encyclopedia/filologia/.

Megale H, Cambraia CN. Filologia portuguesa no Brasil. DELTA - Revista de Documentos de Estudos em Linguística Teórica e Aplicada. 1999;15(especial):1-99.

Queiroz AA. Referenciação e polidez em cartas de amor: o resgate da história de Jayme e Maria por meio da (re)construção de self e do outro. [dissertação]. Fortaleza: Centro de Humanidades, Universidade Estadual do Ceará; 2015.

Righi G. História de la filologia clásica. Barcelona: Editorial Labor; 1967.

Salomão MMM. A questão da construção do sentido e a revisão da agenda dos estudos da linguagem. Veredas: revista de estudos linguísticos. 1999;3(1):61-79.

Santiago-Almeida MM. Para que filologia/crítica textual?. Revista Acta. 2011;1:1-12.

Santos R, Souza AS. Filologia e edição de texto. In: Borges RS, et al., organizadores. Edição de texto e crítica filológica. Salvador: Quarteto; 2012. p. 15-59.

Spina S. Introdução à edótica: crítica textual. São Paulo: Cultrix/EDUSP; 1977.

Teixeira MCR. A filologia textual: o revelar dos aspectos da história. Apresentação ao XII Congresso nacional de linguística e filologia. Rio de Janeiro: Círculo Fluminense de estudos filológicos e linguísticos; 25 a 29 de agosto, 2008.

Teixeira MCR, Queiroz RCR, Santos RB, organizadores. Diferentes perspectivas dos estudos filológicos. Salvador: Quarteto; 2006.

Travaglia LC. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática no 1º e 2º graus. São Paulo: Cortez; 1997.

Ximenes EE. Fraseologias jurídicas: estudos filológico e linguístico do período colonial. Curitiba: Appris; 2013.

Publicado
2019-08-25
Como Citar
Alves, L. E., & Ximenes, E. (2019). Uma revisão do conceito de texto e suas implicações para os estudos filológicos. Filologia E Linguística Portuguesa, 21(1), 25-42. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v21i1p25-42
Seção
Artigos