Endurance muscular inspiratória em indivíduos obesos e eutróficos

  • Aline Dors Hoffmeister Universidade de Cruz Alta
  • Katieli Santos de Lima Universidade de Cruz Alta
  • Isabella Martins de Albuquerque Universidade Federal de Santa Maria
  • Valderesa Binotto Universidade de Cruz Alta
  • Carine Cristina Callegaro Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Obesidade, Volume de Reserva Inspiratória, Hemodinâmica, Pressão Arterial

Resumo

O objetivo deste estudo foi comparar a endurance muscular inspiratória e as respostas hemodinâmicas de indivíduos obesos e eutróficos. Trata-se de um estudo transversal com amostra composta por 20 indivíduos obesos (31±6 anos, 10 homens, 37,5±4,7 kg/m2 ) e 20 indivíduos eutróficos (29±8 anos, 10 homens, 23,2±1,5 kg/m2 ). A força muscular inspiratória e expiratória foi mensurada por manovacuometria, através da determinação da pressão inspiratória máxima e da pressão expiratória máxima. A endurance muscular inspiratória foi determinada por meio de exercício inspiratório com carga progressiva, iniciado com carga de 50% da pressão inspiratória máxima por 3 minutos, seguidos de incremento de 10% a cada 3 minutos até que o indivíduo fosse incapaz de continuar o teste. Verificou-se que os indivíduos obesos (470 ± 326 seg) apresentaram endurance muscular inspiratória reduzida em comparação com os eutróficos (651 ± 215 seg). A força muscular inspiratória e expiratória não diferiu entre os grupos. O teste de exercício progressivo induziu aumento da pressão arterial sistólica, diastólica e média e da frequência cardíaca, semelhante em indivíduos obesos e eutróficos. Foi possível concluir que embora a endurance muscular inspiratória de indivíduos obesos seja menor que a de eutróficos, as respostas hemodinâmicas induzidas pelo teste de endurance muscular inspiratória foram semelhantes nos dois grupos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Dors Hoffmeister, Universidade de Cruz Alta

Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde pela Universidade de Cruz Alta (Unicruz) em rede com a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande Do Sul

Katieli Santos de Lima, Universidade de Cruz Alta

Laboratório de Fisiologia da Universidade de Cruz Alta (Unicruz)

Isabella Martins de Albuquerque, Universidade Federal de Santa Maria

Departamento de Fisioterapia e Reabilitação e Programa de Pós-Graduação em Reabilitação Funcional da Universidade Federal de Santa Maria

Carine Cristina Callegaro, Universidade Federal de Santa Maria

Departamento de Fisioterapia e Reabilitação, Laboratório de Fisiologia e Reabilitação, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria

Publicado
2018-12-18
Como Citar
Hoffmeister, A., Lima, K., Albuquerque, I., Binotto, V., & Callegaro, C. (2018). Endurance muscular inspiratória em indivíduos obesos e eutróficos. Fisioterapia E Pesquisa, 25(4), 438-443. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/fpusp/article/view/152913
Seção
Pesquisa Original