Ventilação não invasiva na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário

características relacionadas ao sucesso e insucesso

  • Nair Fritzen dos Reis Universidade Federal de Santa Catarina
  • Nayala Lirio Gomes Gazola Universidade Federal de Santa Catarina
  • Daiana Cristine Bündchen Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Kelly Cattelan Bonorino
Palavras-chave: Cuidados Críticos, Respiração Artificial, Ventilação Pulmonar

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever características de sucesso e insucesso do uso da ventilação não invasiva (VNI) na unidade de terapia intensiva (UTI) de um hospital universitário. Trata-se de um estudo observacional prospectivo no qual foram incluídos 75 pacientes, com idade média de 58,3±18,8 anos. Desses, doze necessitaram do uso da VNI por mais de uma vez, totalizando 92 utilizações. Evidenciou-se que, delas, a taxa de sucesso foi de 60,9% (56). O grupo insucesso apresentou mais indivíduos do sexo masculino (p=0,006) e número maior de pacientes com diagnóstico de infecção extrapulmonar (p=0,012). Não foram encontradas diferenças entre os grupos de sucesso e insucesso nos quesitos de modo, modelo, máscara, tempo total de permanência e razões para a instalação da VNI. No grupo insucesso, a pressão positiva inspiratória nas vias aéreas (Ipap) e o volume corrente (VC) foram superiores (p=0,029 e p=0,011, respectivamente). A saturação periférica de oxigênio (p=0,047), o pH (p=0,004), base excess (p=0,006) e o bicarbonato (p=0,013) apresentaram valores inferiores. Concluiu-se que os indivíduos do sexo masculino com diagnóstico de infecção extrapulmonar e que evoluíram com acidose metabólica evoluíram com mais insucesso na utilização da VNI. Esses, necessitaram de parâmetros elevados de Ipap e VC.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-18
Como Citar
Reis, N., Gazola, N., Bündchen, D., & Bonorino, K. (2019). Ventilação não invasiva na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário. Fisioterapia E Pesquisa, 26(1), 3-8. https://doi.org/10.1590/1809-2950/17000626012019
Seção
Pesquisa Original