Cicloergômetro na melhora da função motora grossa de crianças com paralisia cerebral

uma revisão sistemática com meta-análise

  • Amanda Marques Catelli
  • Laís Andrieli Ferreira Gattino
  • Luigi Antônio da Campo
  • Philipe Souza Corrêa
  • Fernanda Cechetti Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
Palavras-chave: Exercício, Paralisia Cerebral, Ensaio Clínico Controlado Aleatório

Resumo

A paralisia cerebral é um grupo de desordens neurológicas causadora de inúmeros déficits, principalmente relacionados à função motora, comprometendo os movimentos e o seu controle seletivo. Dentre as diversas terapias disponíveis para tentar amenizar esse processo, o cicloergômetro aparece como um aparato estacionário que tem por finalidade facilitar a movimentação dos membros inferiores. Portanto, o objetivo deste estudo foi analisar os efeitos do cicloergômetro na função motora grossa de crianças com paralisia cerebral através da escala Gross Motor Function Measure (GMFM-66). Tratase de uma revisão sistemática, com inclusão de ensaios clínicos randomizados publicados até julho de 2017. A busca foi realizada nas bases de dados: MEDLINE (PubMed), Physiotherapy Evidence Database (PEDro), SciELO e Embase. Para a avaliação da qualidade metodológica das investigações foi utilizada a escala da Cochrane Handbook. Foram selecionados artigos que aplicaram o cicloergômetro em crianças com paralisia cerebral, comparadas a crianças com paralisia cerebral no grupo-controle ou em outra intervenção, e que avaliaram a função motora grossa com a GMFM. A revisão incluiu três artigos e um total de 127 pacientes. Os resultados mostraram um aumento nos valores da GMFM-66, porém não significativo estatisticamente nem relevantes para uma melhora clínica. Por meio desta revisão sistemática, verificouse uma grande heterogeneidade nos estudos que abordam esta área e que, apesar do incremento de valores no grupo que realizou o cicloergômetro, não houve diferença estatística quando comparado ao grupo-controle, demonstrando não beneficiar a função motora grossa dessa população quando avaliada pela GMFM-66.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-23
Como Citar
Catelli, A., Gattino, L., Campo, L., Corrêa, P., & Cechetti, F. (2019). Cicloergômetro na melhora da função motora grossa de crianças com paralisia cerebral. Fisioterapia E Pesquisa, 26(1), 101-109. https://doi.org/10.1590/1809-2950/18011026012019
Seção
Revisão sistemática