Controle postural estático e risco de quedas em mulheres idosas com e sem incontinência urinária

Palavras-chave: Idoso, Incontinência Urinária, Equilíbrio Postural, Acidente por Quedas

Resumo

A incontinência urinária (IU) está associada à ocorrência de quedas em idosos e pode ter relação com déficits no controle postural. O objetivo deste trabalho é comparar o controle postural estático, na condição de olhos abertos e fechados, e o risco de quedas entre idosas com IU e idosas sem IU. A amostra foi dividida em dois grupos: idosas com IU (n=21, idade=65,33±4,57 anos) e idosas sem IU (n=19, idade=66,37±5,26 anos). As características da perda urinária do grupo com IU foram avaliadas por meio do International Consultation on Incontinence Questionnaire: Short Form (ICIQ-SF). O controle postural estático dos grupos foi mensurado pelo deslocamento do centro de pressão (COP) por meio de uma plataforma de força; e o risco de quedas foi avaliado pelo teste timed up and go. Para a análise estatística, foi utilizado o teste U de Mann-Whitney e o teste qui-quadrado. A maioria das participantes com IU perdiam urina em pequena quantidade e todas perdiam em baixa frequência. Não foi observada diferença entre os grupos em relação às variáveis do COP (p>0,05) e o risco de quedas (p=0,082). Entretanto, na análise intragrupos, houve diferença na velocidade do COP de ambos os grupos na comparação olhos abertos versus olhos fechados (p<0,05). Não houve diferença no controle postural estático e no risco de quedas entre idosas com e sem IU.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-31
Como Citar
Arruda, G., Porolnik, S., Weschenfelder, Áureo J., Barbieri, S., Braz, M., & Pivetta, H. M. (2019). Controle postural estático e risco de quedas em mulheres idosas com e sem incontinência urinária. Fisioterapia E Pesquisa, 26(3), 285-290. https://doi.org/10.1590/1809-2950/18022826032019
Seção
Pesquisa Original