Classificação e tratamento fisioterapêutico da doença de Legg-Calvé-Pertkes: uma revisão

Autores

  • Roberto Guarniero Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina
  • Félix Ricardo Andrusaitis Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina
  • Guilherme Carlos Brech Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina

DOI:

https://doi.org/10.1590/fpusp.v12i2.76539

Palavras-chave:

doença de Legg-Perthes/reabilitação, doença de Legg-Perthes/história, doença de Legg-Perthes/terapia, técnicas de fisioterapia/utilização, reabilitação.

Resumo

Embora a Doença de Legg-Calvé-Perthes (DLCP) seja estudada desde o início do século XX, ainda hoje se discute sua etiologia. Basicamente, consiste em uma interrupção do suprimento sangüíneo que leva a isquemia na cabeça do fêmur. Em geral afeta crianças entre 2 e 12 anos, numa proporção de 4 meninos para uma menina, ocorrendo bilateralmente em 10% a 20% dos casos. O quadro clínico é bem definido, com dor referida no joelho ou na coxa, claudicação e perda do movimento articular do quadril. Não há consenso sobre a melhor forma de tratamento. As diversas formas usadas, tanto cirúrgicas quanto conservadoras, visam a prevenção de deformidades da cabeça do fêmur. Apesar de a maior parte da literatura consultada afirmar a importância da fisioterapia na reabilitação de crianças com DLCP, raros estudos detalham ou comparam os recursos fisioterapêuticos empregados, o que sugere a necessidade de mais estudos com este foco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Guarniero, Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina

Médico Ortopedista, Professor associado do Departamento de Ortopedia e Traumatologia - FMUSP, responsável pela disciplina Ortopedia Pediátrica do IOT- HC/FMUSP (Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade São Paulo).

Félix Ricardo Andrusaitis, Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina

Fisioterapeuta do Laboratório de Estudos do Movimento do IOT - HQ/FMUSP.

Guilherme Carlos Brech, Universidade de São Paulo / Faculdade de Medicina

Fisioterapeuta; aprimorando em Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia do IOT- HC/FMUSP.

Downloads

Publicado

2005-08-31

Como Citar

Guarniero, R., Andrusaitis, F. R., & Brech, G. C. (2005). Classificação e tratamento fisioterapêutico da doença de Legg-Calvé-Pertkes: uma revisão. Fisioterapia E Pesquisa, 12(2), 51-57. https://doi.org/10.1590/fpusp.v12i2.76539

Edição

Seção

Revisão