Uma abordagem fisioterapêutica nas desordens temporomandibulares: estudo retrospectivo

Autores

  • Maria Aparecida Piccoloto Matta Universidade Estadual de Campinas
  • Donizete César Honorato Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.1590/fpusp.v10i2.78123

Palavras-chave:

transtornos da articulação temporomandibular/terapia, fisioterapia, estudos retrospectivos.

Resumo

A articulação temporomandibular (ATM) é uma estrutura altamente especializada do complexo craniomandibular que está sujeita a comprometimentos de origem neurológica, ortopédica e músculo -esquelética, originando as desordens temporomandibulares (DTM). Responsável por uma sintomatologia de difícil diagnóstico e tratamento, envolve manifestações dolorosas e de incoordenaçâo de movimentos relacionadas ao desequilíbrio biomecânico da articulação e de estruturas
associadas. Um estudo retrospectivo a longo prazo possibilitou avaliar os resultados de uma intervenção fisioterapêutica em pacientes com DTM tratados num Serviço Público de Saúde em Campinas no Brasil. Dois diferentes grupos foram considerados: Grupo I (n = 27) constituído por pacientes que completaram o processo terapêutico; Grupo II (n = 19) constituído por pacientes que não completaram o programa proposto. Após um período que variou entre 4 e 18 meses, em entrevista realizada por telefone, foram coletados dados para análise das condições atuais dos pacientes em ambos os grupos. Os resultados mostraram que 21 pacientes do grupo I apresentavam-se sem sintomatologia dolorosa ao final do tratamento. Durante o período de seguimento, 16 pacientes do grupo I e 5 pacientes do grupo II não apresentavam sintomatologia dolorosa. Quanto aos procedimentos adotados após a alta, 10 pacientes do grupo I e 16 do grupo II permaneceram em tratamento em outras especialidades, tais como neurologia, odontologia, psiquiatria e outras. Os resultados observados indicam que a abordagem interdisciplinar é uma necessidade e que a fisioterapia, quando realizada de forma abrangente, pode ser um recurso de escolha no tratamento das DTM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Aparecida Piccoloto Matta, Universidade Estadual de Campinas

Fisioterapeuta, Mestranda pela Faculdade de Ciências Médicas/UNICAMP, Fisioterapeuta do Serviço de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Hospital de Clínicas/ UNICAMP.

Donizete César Honorato, Universidade Estadual de Campinas

Médico, Doutor, Professor do Departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas/UNICAMP.

Downloads

Publicado

2003-12-31

Como Citar

Matta, M. A. P., & Honorato, D. C. (2003). Uma abordagem fisioterapêutica nas desordens temporomandibulares: estudo retrospectivo. Fisioterapia E Pesquisa, 10(2), 77-83. https://doi.org/10.1590/fpusp.v10i2.78123

Edição

Seção

Artigos