Sonhos de Areia - Subindo a Serra - Escavando Rocha – Recolhendo Areia

devaneios da matéria na arte de Goiandira do Couto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-9632.geoliterart.2018.174371

Palavras-chave:

Devaneios da matéria, Poética da terra, Goiandira do Couto

Resumo

O ensaio se destina a explorar o universo da arte pelo universo de sonhos materiais. Nesse universo surge o desejo de explorar a pintura solicitada pelos elementos à luz dos devaneios da matéria. Precisaria de uma motivação mais instigante para se aventurar por um universo tão sedutor no campo da geografia? Se o pintor realiza uma transmutação de matéria e encontra um elemento material fundamental para enraizar sua obra? Em devaneios numa ação obreira, procura-se na arte a criação que nós revivemos se tomarmos consciência da matéria inicial pisada, escavada, extraída pelas mãos que pintam. Arte primitiva sonhada em “telas” pela sensibilidade corpórea e alma poética. Esse é o enlevo de Sonhos de Areia!

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Helena Batista Gratão, Universidade Estadual de Londrina

Professora-Adjunto do Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Londrina. Pós-doutora em Geografia, pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rio Claro (SP)

Referências

BACHELARD, Gaston. O Direito de Sonhar. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994. 240p.

BACHELARD, Gaston. O pintor solicitado pelos elementos. In:______. O Direito de Sonhar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994, p. 26-30.

BACHELARD, Gaston. Um devaneio da matéria. In: ______. O Direito de Sonhar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994, p. 46-48.

BACHELARD, Gaston. Matéria e mão. In: ______. O Direito de Sonhar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994, p. 52-54.

BACHELARD, Gaston. Introdução à dinâmica da paisagem. In: ______. O Direito de Sonhar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994, p. 55-73.

BACHELARD, Gaston A Poética do Devaneio. 1ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1988 a, 210p.

BACHELARD, Gaston A Água e os Sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. 1ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1989, 204p.

BACHELARD, Gaston. A Terra e os Devaneios do Repouso: ensaio sobre as imagens da intimidade. 1ª Ed. São Paulo. Martins Fontes, 1990, 256p.

BACHELARD, Gaston. A Terra e os Devaneios da Vontade: ensaios sobre a imaginação das forças. 3ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008, 320p.

CORALINA, Cora. Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais. 14ª Ed. São Paulo: Global Editora, 1987, 248p.

DARDEL, Eric. O Homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. 1ª Ed. São Paulo: Perspectiva, 2011, 162p.

GRATÃO, Lúcia Helena B. Por Entre Becos & Versos: a poética da cidade vi(vi)da de Cora Coralina. In: MARANDOLA JR. e GRATÃO, Lúcia Helena (Org.). Geografia & literatura: ensaios sobre geograficidade, poética e imaginação. 1ª Ed. Londrina: EDUEL, 2010, 354p.

ONFRAY, Michel. Teoria da viagem: poética da geografia. 1ª Ed. Porto Alegre, RS: L & PM, 2009, 112p.

PESSANHA, José Américo Motta. Bachelard e Monet: o olho e a mão. . In: NOVAES, Adauto et al. O olhar. 1ª Ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1988, p. 149-165.

PESSANHA, José Américo Motta. Bachelard: as asas da imaginação. In: BACHELARD, Gaston. O Direito de Sonhar. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994, (Introdução), p. xxx.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Gratão, L. H. B. (2018). Sonhos de Areia - Subindo a Serra - Escavando Rocha – Recolhendo Areia: devaneios da matéria na arte de Goiandira do Couto. Revista Geografia, Literatura E Arte, 1(2), 90-110. https://doi.org/10.11606/issn.2594-9632.geoliterart.2018.174371

Edição

Seção

Artigos