Arte e Espaço

o quadro "Os Comedores de Batata" como experiência do ser-no-mundo de Vincent Van Gogh

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-9632.geoliterart.2018.174374

Palavras-chave:

Vincent Van Gogh, Os comedores de batata, Vida e experiência

Resumo

O texto apresentado tem por finalidade estabelecer um diálogo sobre Arte e Geografia, tendo como referência as obras do artista holandês Vincent van Gogh tratadas sobre a ótica da filosofia de Martin Heidegger. No caso específico deste trabalho, tratamos a tela “Os Comedores de Batata”, de 1885, tratados como como uma verdade que aparece, de acordo com o pensamento de M. Heidegger. Não só por isso: a pintura do artista holandês possui uma conexão com o modo como ele tratava o mundo e as coisas do mundo à sua volta: é uma pintura que retratava a vida entorno do artista.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Carlos Rodrigues, Universidade Federal do Tocantins

Atualmente é professor adjunto da Fundação Universidade Federal do Tocantins do Curso de Geografia do Campus de Araguaína.

Referências

CASSIRER, Ernst. Ensaio sobre o homem. Introdução a uma filosofia da cultura humana. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

DARDEL, Eric. O Homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. São Paulo: Perspectiva, 2011, p. 01-46.

HEIDEGGER, Martin. A origem da Obra de Arte. São Paulo: Edições 70, 2010.

HEIDEGGER, Martin. Observações sobre Arte-Escultura-Espaço. Artefilosofia, n. 5, p. 15-22, 2008.

LANGER, Susanne K. Sentimento e Forma: uma teoria da arte desenvolvida a partir de Filosofia em nova Chave. São Paulo: Perspectiva, 2011.

MARTINS, Jasson da Silva; LEÃO, Jacqueline Oliveira. Heidegger e Van Gogh: reflexões sobre filosofia e arte. Barbarói, n. 33, p. 104-117, jul/ago 2010.

MOOSBURGUER, Laura de Borba. Mundo, terra e não-encobrimento em A origem da Obra de Arte. Artefilosofia, n. 5, p. 35-47, 2008.

NAIFEH, Steven; SMITH, Gregory White. Van Gogh: a vida. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

OLIVEIRA, Wanderley C. Cézanne e a arte como resposta à existencia: um estudo de A Duvida de Cézzane de M. Merleau Ponty. Existência e Arte – Revista Eletronica do Grupo PET, ano 1, n. 1, p. 01-13, jan-dez 2005.

SARAMAGO, Ligia. Sobre a arte e o espaço, de Martin Heidegger. Artefilosofia, n.5, p. 61-72, 2008.

SEIBT, Cezar Luis. Heidegger: a obra de arte como acontecimento da verdade. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences. Maringá, v. 30, n. 2, p. 189-196, 2008.

VAN GOGH, Vincent. Cartas a Theo: biografia de Vincent van Gogh por sua cunhada Jo Van Gogh-Bonger. Porto Alegre: L&PM, 2015.

VINCENT VAN GOGH. Os Comedores de Batata, 1885. Óleo sob Canvas, 82cm x 114cm. Acervo: Van Gogh Museum, Amsterdã, Holanda. (Vincent van Gogh Foundation).

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Rodrigues, J. C. (2018). Arte e Espaço: o quadro "Os Comedores de Batata" como experiência do ser-no-mundo de Vincent Van Gogh. Revista Geografia, Literatura E Arte, 1(2), 201-213. https://doi.org/10.11606/issn.2594-9632.geoliterart.2018.174374

Edição

Seção

Artigos