O capitalismo e a apropriação da natureza: usos, consequências e resistências

  • Gracieda dos Santos Araújo Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Palavras-chave: Questão ambiental, Agronegócio, Resistência agroecológica

Resumo

Este artigo se propõe a discutir a problemática ambiental vivida na atual sociedade, trazendo para o debate teórico concepções sobre os modelos de produção agrícola do agronegócio e da agricultura camponesa. Tudo isso, a partir da abordagem do materialismo histórico-dialético, conforme a perspectiva de Marx. Observa-se que, com o advento das políticas neoliberais, o país tem organizado suas economias em torno da industrialização da agricultura, orientada para a exportação, gerando uma série de problemas de ordem socioeconômica e ambiental, cujos impactos são sumamente negativos para a saúde pública, às comunidades tradicionais e, sobretudo, para a soberania alimentar. Nesta perspectiva, analisam-se os desafios da construção da agroecologia, como matriz produtiva para o campo brasileiro, tendo em vista um projeto de sociedade e de desenvolvimento alternativo ao paradigma capitalista. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gracieda dos Santos Araújo, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Mestre em Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe pela Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”; Especialista em Educação do Campo e Desenvolvimento Territorial do Semiárido Brasileiro pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, em Educação pela Universidade do Estado da Bahia e em Educação Ambiental para a Sustentabilidade pela Universidade Estadual de Feira de Santana; Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia.

Referências

ALENTEJANO, P. Modernização da agricultura. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 479-483.

ALTIERI, M. A. Agroecologia, agricultura camponesa e soberania alimentar. Nera, Presidente Prudente, v. 13, n. 16, p. 22-32, jan./jun. 2010.

BATISTA, A. F. Consciência e territorialização contra-hegemônica: uma análise das políticas de formação da Via Campesina América do Sul. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2013.

FERNANDES, B. M. Território camponês. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 746-750.

FERNANDES, B. M.; MOLINA, M. C. O campo da educação do campo. In: MOLINA, M. C.; JESUS, S. M. S. A. (Org.). Contribuições para a construção de um projeto de educação do campo. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2004. p. 32-53. (Coleção Por uma Educação do Campo, v. 5.)

GUBUR, D. M. P.; TONÁ, N. Agroecologia. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 59-67.

LEFF, E. Ecologia, capital e cultura: a territorialização da racionalidade ambiental. Trad. Jorge E. Silva. Rev. téc. Carlos Walter Porto-Gonçalves. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

LEFF, E. Epistemologia ambiental. 2a ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LEITE, S. P.; MEDEIROS, L. S. Agronegócio. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 81-87.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. Trad. Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013. Livro 1.

MARX, K. O capital. São Paulo: Nova Cultural, 1988. Livro 3. tomo 2. v. 5.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

RIGOTTO, R. M.; ROSA, I. F. Agrotóxicos. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 88-96.

STEDILE, J. P.; CARVALHO, H. M. Soberania alimentar. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 716-725.

TARDIN, J. M. Cultura camponesa. In: CALDARTE, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTO, G. (Org.). Dicionário de Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Fiocruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Expressão Popular, 2012. p. 180-188.

TEUBAL, M. O campesinato frente à expansão dos agronegócios na América Latina. In: PAULINO, E.; FABRINI, J. E. (Org.). Campesinato e territórios em disputa. São Paulo: Expressão Popular, 2008. p. 139-190.

TROILO, G. A agroecologia e o desenvolvimento da agricultura familiar: avanço ou retrocesso para a organização da classe trabalhadora do campo? Monografia (Especialização em Educação do Campo e Desenvolvimento Territorial) – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cruz das Almas, 2013.

Publicado
2019-03-28
Como Citar
Araújo, G. (2019). O capitalismo e a apropriação da natureza: usos, consequências e resistências. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), 23(1), 112-123. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2019.115218
Seção
Artigos