Refletindo sobre o papel das representações nas territorialidades urbanas: o exemplo da área central do Recife

Autores

  • Heleniza Ávila Campos Universidade de Santa Cruz do Sul. Curso de Arquitetura e Urbanismo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2002.123640

Palavras-chave:

Territorialidades urbanas, representações sociais, área central, consum o, revitalização

Resumo

Este artigo procura ressaltar a im p ortância do estudo das territorialidad es urbanas com o fonte de in form ações sign ificativas para o en ten dim en to das d inâm icas sócio-espaciais das cid ades co n te m ­ porâneas, inclusive possibilitando diagnósticos alternativos a respeito de interven ções urbanísticas. Partese do suposto que a investigação acerca das representações dessas territorialidades pelos diversos grupos sociais revela as principais m atrizes das contínuas reelaborações dos territórios. Considerando as dim ensões tem po e espaço, essa assertiva assum e m aior consistência quando da análise das áreas centrais de cidades com densidade histórico-cultural. Alguns aportes teóricos que com põem a prim eira parte deste artigo foram , no plano em pírico, reabastecidos por reflexões que se m aterializaram em pesquisa sobre a cidade do Recife e sua área central

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heleniza Ávila Campos, Universidade de Santa Cruz do Sul. Curso de Arquitetura e Urbanismo

Doutora em Geografia Humana pela UFRJ e, atualmente, Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Santa Cruz do Sul - UHISC (RS)

Downloads

Publicado

2002-12-06

Como Citar

CAMPOS, H. Ávila. Refletindo sobre o papel das representações nas territorialidades urbanas: o exemplo da área central do Recife. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 6, n. 1, p. 35-50, 2002. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2002.123640. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123640. Acesso em: 22 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos