A pesca artesanal e a produção dos geógrafos brasileiros de meados do século XX

  • Eduardo Schiavone Cardoso Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Geografia, Pesca Artesanal, Pescadores, Memória, Brasil

Resumo

O objetivo do trabalho é apresentar parte da produção dos geógrafos brasileiros de meados do século XX sobre a atividade pesqueira e analisar o quadro conceitual e empírico empregado nas análises de então. Pretende ainda verificar a atualidade dos textos avaliados e os aspectos superados de tais análises, contribuindo para o resgate da produção geográfica sobre a temática da atividade pesqueira, em especial da chamada pesca artesanal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Schiavone Cardoso, Universidade Federal de Santa Maria

Professor do Departamento de Geociências e do PPG em Geografia - UFSM

Referências

ARAUJO FILHO, J. R.. O caiçara na Região de Itanhaém. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. III, Tomo I, p. 106-116, 1948.

AZEVEDO, A. .Cuiabá – Estudo de Geografia Urbana. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. VII, Tomo II, p. 13-66, 1957.

BARROS, H. S. . Pescadores das ilhas da Guanabara. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. XIV, p. 79-101, 1968.

BERNARDES, L. M. C.. Notas sobre o desenvolvimento da pesca no litoral do Rio de Janeiro. Boletim da Seção Regional do Rio de Janeiro da AGB. Rio de Janeiro, ano II, n. 1, p. 4-7, 1949.

BERNARDES, L. M. C.. Pescadores da Ponta do Cajú – aspectos da contribuição de portuguêses e espanhóis para o desenvolvimento da pesca na Guanabara. Separata da Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro, 1959.

BERNARDES, L. M. C.; BERNARDES, N.. A pesca no litoral do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, p. 17-53, 1950.

BOJANO, C.. O problema do pescado na cidade de São Paulo. Revista do Arquivo Municipal. São Paulo, ano VI, v. LXVIII, p. 31-77, 1940.

CARDOSO, E. S.. Pescadores artesanais: natureza, território, movimento social. Tese de doutorado (Geografia) – FFLCH, USP, São Paulo, 2001.

CARDOSO, E. S.. Os boletins das seções regionais da AGB de meados do século XX e a geografia do Rio Grande do Sul. Boletim Gaúcho de Geografia. Porto Alegre, v. 42, p. 84-93, 2015.

CARDOSO, E. S.. A pesca artesanal brasileira: passado e presente visitados a partir dos “Tipos e Aspectos do Brasil”. Boletim Paulista de Geografia. São Paulo, v. 94, p. 32-46, 2016.

CARDOSO, E. S.; ALTERMANM, S.; BEZ, M.; DOTTO, B. C.. A produção da Associação dos Geógrafos Brasileiros em meados do século XX e os estudos de geografia do Rio Grande do Sul. Geografia. Ensino & Pesquisa. Santa Maria, v. 15, p. 217-226, 2011.

CARDOSO, E. S. ; DAVID, C. (Orgs.) . A geografia do Rio Grande do Sul em meados do século XX: retratos do território e da produção da Associação dos Geógrafos Brasileiros. Porto Alegre: AGB, 2014.

CARVALHO, M. C. V. . O pescador no litoral leste do estado de São Paulo. Revista do Arquivo Municipal . São Paulo, ano IX, v. XCII, p. 37-46, 1948.

CARVALHO, M. C. V. . Santos e a geografia Humana do litoral paulista. Tese de doutorado (Geografia), USP, 1944.

CASCUDO, L. C. . Jangada – uma pesquisa etnográfica. Rio de Janeiro, Ed. Letras e Artes, 2ª. Ed., 1964.

DEFFONTAINES, P.. Geografia Humana do Brasil. Separata da Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro, 1940.

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE GEOGRAFIA E CARTOGRAFIA. Atlas Geográfico de Santa Catarina. Florianópolis, CNG, 1958.

DIEGUES, A. C. S. . Pescadores, camponeses e trabalhadores do mar. São Paulo, Ed. Ática, 1983.

FARIA, A.. A pesca e seus problemas. Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p. 149-161, 1960.

FRANÇA, A. A ilha de São Sebastião – estudo de geografia humana. São Paulo, USP, 1954.

LAGO, P. F. A.. Contribuição geográfica ao estudo da pesca no litoral de Santa Catarina. Revista Brasileira de Geografia . Rio de Janeiro, v. XXIII, n. 1, p. 121-215, 1961.

MELO, M. L. . A região ribeirinha do médio Cuiabá – estudo de geografia humana. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. VII, Tomo II, p. 163-256, 1957.

MONTEIRO, C. A. F. (org.). Aspectos geográficos do Baixo São Francisco. Avulso. São Paulo, AGB, n. 5, 1962.

MONTEIRO, C. A. F. .A geografia no Brasil ao longo do século XX: um panorama. São Paulo, AGB, 2002.

MUSSOLINI, G. . Ensaios de antropologia indígena e caiçara. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1980.

PETRONE, P. A zona rural de Cuiabá. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. VII, Tomo II, p. 67- 160, 1957.

PINTO, M. M. V. . Contribuição ao estudo da pesca na região do rio Arari (Ilha de Marajó). Revista Brasileira de Geografia . Rio de Janeiro, v. XVIII, n. 3, p. 89-123, 1956.

SANTOS, M. Ituberá, pôrto cacaueiro rejuvenescido pela indústria. . Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. X, Tomo I, p. 119-131, 1958.

SCHMIDT, C. B. . Alguns aspectos da pesca no litoral paulista. São Paulo, Sec. da Agricultura, 1948.

SETTE, H. . Aspectos da atividade pesqueira em Pernambuco. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo, v. XI, Tomo I, p. 235-255, 1959.

Publicado
2018-12-12
Como Citar
Cardoso, E. (2018). A pesca artesanal e a produção dos geógrafos brasileiros de meados do século XX. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), 22(3), 656-669. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.144412