Editorial

  • Sandra Lencioni Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Editorial, dossiê, geografia crítica, geousp

Resumo

Este número da Geousp – Espaço e Tempo registra ideias que tiveram lugar no Seminário 40 Anos de Geografia Crítica: sua atualidade na Geografia Humana da FFLCH-USP, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, no dia 15 de outubro de 2018. O objetivo desse Seminário foi discutir e problematizar o legado e a potência do movimento da Geografia Crítica no referido Departamento, bem como sua importância no desvendamento do mundo moderno e a atualidade científica de seu pensamento crítico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Lencioni, Universidade de São Paulo

Geógrafa, com mestrado e doutorado em Geografia, área de Geografia HUmana. Docente do Deprtamento de Geografia da FFLCH/USP

Referências

CARLOS, A. F. A. Introdução ao "Dossiê 40 anos da Geografia Crítica". Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
CRUZ, R. C. A. A geografia crítica e a economia política. Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
LEOPOLDO, E. A geografia humana e a teoria regional crítica. Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
MARQUES. M. I. M. Geografia agrária crítica: um pouco de história. Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
SANTOS, C. S.; ALVAREZ, I. P. A trajetória teórico-intelectual de uma geografia urbana crítica e radical. Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
VERDI, E. F. Pensar radicalmente sob a repressão: a geografia crítica brasileira no contexto da ditadura civil-militar. Geousp: Espaço e Tempo, v. 22 n. 3 (2018)
Publicado
2018-12-12
Como Citar
Lencioni, S. (2018). Editorial. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), 22(3), 480-484. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.153378
Seção
Editorial