REESTRUTURAÇÃO, REESCALONAMENTO E A QUESTÃO URBANA

  • Neil Brenner Harvard Graduate School of Design
Palavras-chave: Escala, Reescalonamento, Reestruturação urbana, Teoria espacial, Questão urbana

Resumo

Tradução do texto "Restructuring, rescaling and the urban question", de Neil Brenner. No contexto dos debates recentes sobre escala e teoria socioespacial, esse texto explora alguns dos limites e possibilidades das interpretações escalares dos padrões de reestruturação urbana e regional relacionados ao pós-fordismo e ao período referente ao início do século XXI. Inicio assinalando algumas das premissas escalares que embasaram debates sobre a questão urbana nos anos 1970 e 1980. Eu então sugiro que, desde os anos 1990, a questão urbana tem sido repensada conceitualmente em termos reflexivamente escalares, no contexto de debates sobre a reestruturação urbana e regional mundial. A problemática da escala geográfica – sua organização espacial, sua produção social, sua contestação política e reconfiguração histórica – foi, portanto, inserida no âmago da questão urbana. As seções seguintes destacam a utilidade da perspectiva escalar para pensar as transformações urbanas contemporâneas, mas salientam a dificuldade persistente de definir seu conteúdo analítico distintivo. Confronto esse problema oferecendo uma série de proposições gerais com o propósito de especificar os parâmetros conceituais determinados das questões de escala e, por implicação, dos processos de reescalonamento. A teorização proposta envolve um estreitamento conceitual das questões de escala: os conceitos de escala não devem ser confundidos com aqueles de espaço, lugar, território ou redes. Consequentemente, as geografias cambiantes e polimórficas da reestruturação urbana não podem e não devem ser conceituadas inteiramente em termos escalares. Eu argumento, porém, que os conceitos escalares permanecem ferramentas essenciais para decifrar algumas das dimensões mais importantes das transformações urbanas contemporâneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-04-30
Como Citar
Brenner, N. (2013). REESTRUTURAÇÃO, REESCALONAMENTO E A QUESTÃO URBANA. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), (33), 198-220. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2013.74311
Seção
Traduções