Da cidade industrial segregada à cidade pós-industrial fragmentada: reflexões sobre a (re) produção do espaço urbano na cidade de Pelotas/RS

  • Natalia Daniela Soares Sá Britto Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Cidade pós-industrial, Fragmentação socioespacial, Agentes imobiliários

Resumo

O artigo versa sobre o processo de (re) produção do espaço urbano na cidade de Pelotas/RS, a partir da análise das ações e estratégias estabelecidas entre agentes públicos e privados na reconfiguração urbana, entre os anos de 2010 e 2014, destacando a fragmentação socioespacial acompanhada pelos fenômenos de centralização, suburbanização e periferização do tecido social e urbano. Como mediação teórica, a análise debruça-se sob os conteúdos e dinâmicas inerentes à transição da cidade industrial segregada, do século XX, para a cidade pós-industrial fragmentada, marcada pela ampliação do setor de serviços e comércio, assim como pela expansão do setor imobiliário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natalia Daniela Soares Sá Britto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Referências

ABRAMO, P. “A cidade Com-fusa: a mão inoxidável do mercado e a produção da estrutura urbana nas grandes metrópoles latino-americanas”. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais/ANPUR, N.2, V.9, 2007. p.25-53

CARLOS, A. F. O lugar no/do mundo. São Paulo: FFLCH, 2007

CORRÊA, R. L. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 1993

DOMINGUES, M. CARVALHO, D. CARVALHO, A. “O Pólo Naval e Offshore e o desenvolvimento regional na Metade Sul do Rio Grande do Sul”. Ensaios FEE, Porto Alegre, v.34, Número Especial, p.933-954, 2013

FEIJÓ, F. MADONO, D. Polo Naval do Rio Grande: potencialidades, fragilidades e a questão da migração. Porto Alegre: UFRGS/FCE/DERI, 2013.

HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005

______O enigma do capital: e as crises do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2011.

LEY, D. MERCER, J. “Locational conflict and the politics of consumption”. Economic Geography, v.56, nº 2 apr. 1980

MATTOS, Carlos A. “Modernizacion capitalista y transformación metropolitana em América Latina: cinco tendências constitutivas”. IN: LEMOS, Amália Inês; ARROYO, Mônica; SILVEIRA, Maria Laura (Orgs). América Latina: cidade, campo e turismo. Buenos Aires: CLACSO.; São Paulo: USP, 2006

MOURA, R. M. Habitação popular em Pelotas (1880-1950): entre políticas públicas e investimentos privados. Porto Alegre: PUCRS. Tese de doutorado. 2006.

______”Moradia popular e expansão urbana: as vilas proletárias pelotenses”. História em Revista. Pelotas, v. 12, dez./2006, p. 79 - 96

______CHIARELLI, Lígia. “Novas configurações urbanas a partir da implantação de conjuntos habitacionais em Pelotas, RS”. Revista Projetare, nº 4. Novembro de 2011. p.120-131

PEREIRA, P. C. X. “Agentes imobiliários e reestruturação: interesses e conflitos na construção da cidade contemporânea”. In: PEREIRA, P. C. X. (Org) Negócios Imobiliários e transformações sócio-territoriais em cidades da América Latina. São Paulo: FAUUSP, 2011

SÁ BRITTO, N. D. Industrialização e desindustrialização do Espaço Urbano em Pelotas/RS. Rio Grande: FURG, 2011 Dissertação de mestrado

SALGUEIRO, T. B. “Cidade Pós-moderna: Espaço Fragmentado”. Revista território, ano III, nº 4, jan/jun 1998.

SHIMBO, L. Z. Habitação Social, Habitação de Mercado: a confluência entre Estado, empresas construtoras e capital financeiro. São Paulo: USP, 2010. Tese de doutorado

SOARES, P. R. R. Del proyecto urbano a la producción del espacio: morfología urbana de la ciudad de Pelotas, Brasil (1812-2000). Barcelona: Universidad de Barcelona. Tese de doutorado. 2002

______”Produção imobiliária e crescimento urbano em cidades médias: Pelotas e Rio Grande –RS”. In: SILVEIRA, R.L. PEREIRA, P. X. UEDA, V.. (Org.). Dinâmica imobiliária e reestruturação urbana na América Latina. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006

SOJA, E. W. Geografias Pós-Modernas: A reafirmação do espaço na teoria social crítica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993

VASCONCELOS, P. de A. “Contribuições para o debate sobre processos e formas socioespaciais nas cidades”. IN: VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORREA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Maria (Orgs). A cidade contemporânea: Segregação espacial. São Paulo: Contexto, 2013

VIEIRA, S. G. A cidade fragmentada. O Planejamento e a segregação social do espaço urbano em Pelotas. Pelotas: EdUFPEL, 2005.

Publicado
2016-12-07
Como Citar
Sá Britto, N. (2016). Da cidade industrial segregada à cidade pós-industrial fragmentada: reflexões sobre a (re) produção do espaço urbano na cidade de Pelotas/RS. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), 20(3), 585-601. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2016.89283