Pavilhão FAB!t: proposta portátil para inserção da cultura maker no ensino tradicional

Palavras-chave: Cultura Maker, Fabricação digital, Desenho paramétrico, Arquitetura temporária, Educação Maker

Resumo

O Pavilhão FAB!t é um pavilhão portátil que pretende promover a inclusão da cultura maker na educação tradicional, introduzindo o conceito de indústria 4.0 nos programas da escola elementar, justificados pela mudança dos sistemas produtivos, especialmente relativamente à manufatura e à nova relação produto-consumidor. Neste contexto, dissemina através da cultura maker os avanços tecnológicos e democratiza o seu acesso na educação tradicional. Esta pesquisa contribui para atualizar o ensino de tecnologia nas escolas, introduzindo fundamentos da cultura maker, de maneira rápida, barata e igualitária. Como metodologia analisamos vários laboratórios existentes, designados como Fab Labs, identificando as atividades e ferramentas utilizadas em seus espaços. Com base neste estudo, desenvolvemos um sistema modular que permite criar espaços personalizados adaptáveis aos requisitos funcionais dos equipamentos e às atividades com eles associadas. Propomos uma plataforma de construção montável e desmontável com base num sistema que permita a expansão e retração da estrutura, que assim se adapta aos futuros desejos e necessidades da comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BLIKSTEIN, P. Digital Fabrication and ’Making’ in Education: The Democratization of Invention. In

J. Walter-Herrmann & C. Büching (Eds.), FabLabs: Of Machines, Makers and Inventors. Bielefeld: Transcript Publishers, 2013.

BUITONI, C.S. Mayumi Watanabe Souza Lima: a construção do espaço para a educação. FAU USP: São Paulo, 2009.

DÍEZ, T. Personal Fabrication: Fab Labs as Platforms for Citizen-Based Innovation, from Microcontrollers to Cities. Digital Fabrication: 457-68. Nexus Network Journal. Vol.14, No. 3, 2012.

DUNN, N. Digital Fabrication in Architecture. Laurance King Publishing: Londres, 2012

EYCHENNE, F. e NEVES, H. Fab Lab: A Vanguarda da Nova Revolução Industrial. São Paulo: Editorial Fab Lab Brasil, 2013.

FAB 12 - The 12th Fab Lab Conference and Symposium. Disponível em: , 2016.

FAB LAB SEOUL. Fab Pavilion. Disponível em: <https://www.fablabs.io/ projects/136>, 2016.

FAB FOUNDATION. How to Start a Fab Lab: The Space. Disponível em: , 2016.

FAB FOUNDATION. Labs Map. Disponível em: <https://www.fablabs.io>, 2016.

FAB FOUNDATION. What is a Fab Lab? Disponível em: <http://www. fabfoundation.org/index.php/what-is-afab-lab/>, 2016.

GERSHENFELD, N. Fab: The Coming Revolution on Your Desktop – From Personal Computers to Personal Fabrication. New York: Basic Books, 2005.

GERSHENFELD, N. How to Make Almost Anything: The Digital Fabrication Revolution. Cambridge: Foreign Affairs (91), 2012, pp. 43-57.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INTP (INEP). Censo Escolar 2016. Brasília: MEC, 2017.

IOWA STATE UNIVERSITY. two Xtwo (2016). Disponível em: <http://new.arch. iastate.edu/tag/twoxtwo/>, 2016.

ITSBRASIL. Conheça o Fab Lab Livre SP. Disponível em: <http://fablab.itsbrasil.org.br/o-que-e>, 2016.

IWAMOTO, L. Digital Fabrications: Architectural and Material Techniques. Princeton Architectural Press: Nova Iorque, 2009.

KOLAVERIC, B. Designing and Manufacturing Architecture in the Digital Age. Architectural Information Management – 05 Design Process 3. 2003.

MAKERSPACES. MakedED Resources for School Makerspaces 2nd Edition. Disponível em: , 2016.

MAKERSPACES. Resources For Starting and Running a Mobile Makerspace. Disponível em: , 2016.

MENDONÇA, D.; PÁSSARO, A.; HENRIQUES, G. C. Ferramenta Generativa para Wiki House. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - FAU UFRJ: Rio de Janeiro, 2016.

PASSARO, A.; ROHDE, C. Casa Revista: arquitetura de fonte aberta. Gestão e Tecnologia de Projetos: São Carlos, v. 11, n. 2, p. 25-41 jul-set, 2016.

REZENDE, F. As Novas Tecnologias na Prática Pedagógica Sob a Perspectiva Construtivista. ENSAIO – Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte), Belo Horizonte: v. 2, n. 1, 2000, p. 70-87.

REMY, T.; VEENHUIZEN, R. Clubhouse (2009). Disponível em: <http://www.remyveenhuizen.nl/work/public-space/clubhouse>, 2016.

SPERLING, D. M.; HERRERA, P. C. Homo faber: digital fabrication in Latin America. CAAD futures 2015> the next city. 1. ed. São Carlos: Instituto de Arquitetura e Urbanismo, 2015.

The Maker Map. Disponível em: <http://themakermap.com>, 2016.

Publicado
2019-09-06
Como Citar
Pacini, G. D., Passaro, A. M., & Henriques, G. C. (2019). Pavilhão FAB!t: proposta portátil para inserção da cultura maker no ensino tradicional. Gestão & Tecnologia De Projetos, 14(1), 76-89. https://doi.org/10.11606/gtp.v14i1.148143