Modelagem dinâmica de combinação de variáveis por multicritérios: emprego de modelo paramétrico e algoritmo genético no estudo da área de patrimônio mundial reconhecido pela UNESCO na Pampulha, Brasil

  • Silvio Romero Fonseca Motta Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Ana Clara Mourão Moura Universidade Federal de Minas Gerais
  • Suellen Roquete Ribeiro Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Análise de multicritérios, Modelagem paramétrica, Algorítimo genético, Simulação de cenários, Avaliação orientada a objetivos

Resumo

O presente trabalho pesquisa modelos dinâmicos de multicritério para combinar variáveis ​​usando o modelo paramétrico e algoritmo genético como método de alteração do nível de adequação de variáveis ​​em uma análise multicritério (MCA). O objetivo é simular cenários if-then de ocupação territorial do comércio, habitação e áreas verdes. O estudo de caso é um MCA para a zona tampão da moderna montagem de Niemeyer na região da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil, declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO. O modelo paramétrico foi desenvolvido no software Grasshopper. O nível de adequação / pontuação das unidades territoriais para caracterizar atratividade e vulnerabilidades à mudança no uso da terra foi definido por "orientado ao conhecimento" nas camadas: Riscos de Segurança, Fragilidade na Infraestrutura, Ponto de Ônibus e Centralidades devido ao Potencial de Interação. A simulação de mudança de uso da terra "se-então" foi definida por "orientada a objetivos", devido ao uso da função de aptidão no algoritmo genético, com o objetivo de obter a melhor distribuição das mudanças no uso da terra, a fim de resultar em uma uso equilibrado do território (comércio, habitação ou vegetação), mas também considerando atratividade e vulnerabilidades definidas pelas características dos bairros (centralidades, transporte, segurança e fragilidades na infraestrutura). O modelo paramétrico gera simulação "se-então", calculando um índice de adequação para cada unidade territorial e alterando o uso da terra de acordo com o objetivo-objetivo a ser alcançado na função de condicionamento físico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Romero Fonseca Motta, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (1994), mestrado em Construção Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009) e doutorado em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais (2014). Atualmente possui escritório próprio de arquitetura, é professor convidado da UFMG e professor na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC/MG. Tem experiência na área de Arquitetura e Construção Civil, atuando principalmente nos seguintes temas: sustentabilidade, edificações, certificação de edificações, ferramentas digitais, BIM, processo de projeto e criatividade.

Ana Clara Mourão Moura, Universidade Federal de Minas Gerais

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais, Especialização em Planejamento Territorial e Urbano pela PUC-MG e Universidade de Bologna, Mestrado em Geografia (Organização Humana do Espaço) pela Universidade Federal de Minas Gerais e Doutorado em Geografia (Geoprocessamento) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pós-Doutorado no Politecnico di Torino (POLITO), Pós-Doutorado na Università Degli Studi di Bologna (UNIBO), Itália. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Urbanismo, e coordena o Laboratório de Geoprocessamento da Escola de Arquitetura. Tem experiência na área de Urbanismo e Geociências, com ênfase em Análise Espacial, Sistemas de Informações Geográficos, Representação Cartográfica, Diagnóstico Ambiental Urbano, Gestão Espacial de Patrimônio Histórico e Paisagístico. Orienta Mestrado e Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (NPGAU-EA-UFMG) e no Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGG-IGC-UFMG). Atua principalmente nos seguintes temas: geoprocessamento, cartografia, paisagem, patrimônio cultural, análise ambiental e análise urbana. Coordenadora do grupo de pesquisa CNPq: "Geoprocessamento na Gestão da Paisagem Urbana e Ambiental".

Referências

BÄCK, Thomas; FOGEL, David B.; MICHALEWICZ, Zbigniew. Handbook of evolutionary computation. CRC Press, 1997.

BONHAM-CARTER, Graeme F. Geographic Information Systems for Geoscientists; modelling with GIS. Ottawa, Pergamon, 1994. 398 p.

DRESCH, Aline; LACERDA, Daniel Pacheco; JÚNIOR, José Antonio Valle Antunes. Design science research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Bookman Editora, 2015.

DODGSON, John S. et al. Multi-criteria analysis: a manual. 2009.

EASTMAN, J. R. et al. Raster procedures for multicriteria/multi-objective decisions. Photogrammetric Engineering & Remote Sensing, v. 61, n. 5, p. 539-547, 1995.

FLORIO, Wilson. Modelagem paramétrica, criatividade e projeto: duas experiências com estudantes de arquitetura. Gestão & Tecnologia de Projetos, v. 6, n. 2, p. 43-66, 2012.

HINGSTON, Philip F.; BARONE, Luigi C.; MICHALEWICZ, Zbigniew (Ed.). Design by evolution: advances in evolutionary design. Springer Science & Business Media, 2008.

HUGGETT, Richard. Systems analysis in geography; contemporary problems in geography. Oxford: Clarendon Press, 1980. 208 p.

JANKOWSKI, Piotr; RICHARD, L. Integration of GIS-based suitability analysis and multicriteria evaluation in a spatial decision support system for route selection. Environment and Planning B: Planning and Design, v. 21, n. 3, p. 323-340, 1994.

LEACH, Neil. Digital cities. Architectural Design, v. 79, n. 4, p. 6-13, 2009.

LINSTONE, Harold A. et al. (Ed.). The delphi method. Reading, MA: Addison-Wesley, 1975.

MICHALEWICZ, Zbigniew; FOGEL, David B. How to solve it: modern heuristics. Springer Science & Business Media, 2013.

MOTTA, Silvio R.; MOURA, Ana Clara M.; RIBEIRO, Suellen R. Ampliando do data-driven e knowledge-driven para propor o visual-driven na análise de multicritérios: estudo de caso de modelagem em Grasshopper+Rhino3D. Revista Brasileira de Cartografia (2017), Nº 69/8, Edição Especial “Geovisualização, mídias sociais e participação cidadã: apoio à representação, análise e gestão da paisagem”: 1521-1535.

MOTTA, Silvio Romero Fonseca; MOURÃO, Ana Clara Moura; GALVÃO, Ana Clara Zandonaidi; RIBEIRO, Suellen Roquete; KATO, Julia Marion Florencio; Simulation of Scenarios and Urban Analysis Using Parametric Modeling and Genetic Algorithm Based on Multicriteria Analysis, p. 397-402 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.

MOURA, Ana Clara Mourão. Learning topics in urban planning at UFMG: geoprocessing to support analysis, planning and proposal of the urban landscape at neighborhood scale. Paranoá: cadernos de arquitetura e urbanismo, n. 7, 2013.

MOURA, Ana Clara Mourão. Aplicação do modelo de polígonos de Voronoi em estudos de áreas de influência de escolas públicas: estudo de caso em Ouro Preto–MG. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 3, n. 2, 2009.

MOURA, Ana Clara Mourão. Reflexões metodológicas como subsídio para estudos ambientais baseados em Análise de Multicritérios. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, v. 13, p. 2899-2906, 2007.

ROCHA, Nicole A.; SENA, Ítalo S.; CASAGRANDE, Pedro B.; CASTRO, Marina M.; FONSECA, Bráulio M.; MOURA, Ana Clara M. Studies of volumetric relation between vegetation and buildings using LIDAR data and NDVI to propose urban parameters. Revista Brasileira de Cartografia (2017), No 69/8, Edição Especial “Geovisualização, mídias sociais e participação cidadã: apoio à representação, análise e gestão da paisagem”: 1456-1475.

SCHUMACHER, Patrik. Parametricism: A new global style for architecture and urban design. Architectural Design, v. 79, n. 4, p. 14-23, 2009.

SIMON, Dan. Evolutionary optimization algorithms. John Wiley & Sons, 2013.

ZAHA HAHID ARCHITECTS. Kartal Masterplan, 2006. Available in: http://www.zaha-hadid.com/masterplans/kartal-pendik-masterplan/.

Publicado
2019-09-06
Como Citar
Motta, S. R. F., Moura, A. C. M., & Ribeiro, S. R. (2019). Modelagem dinâmica de combinação de variáveis por multicritérios: emprego de modelo paramétrico e algoritmo genético no estudo da área de patrimônio mundial reconhecido pela UNESCO na Pampulha, Brasil. Gestão & Tecnologia De Projetos, 14(1), 142-159. https://doi.org/10.11606/gtp.v14i1.148381

Dados de financiamento