Operacionalização de parâmetros de projeto por meio do enriquecimento semântico em modelos BIM de habitação de interesse social

Palavras-chave: Enriquecimiento Semántico de BIM, Patterns, Linguagem de Programação Visual, Concepção Arquitetônica, HIS

Resumo

O uso da Modelagem de Informação da Construção (BIM) tem transformado o setor de Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação. Entretanto, a exploração de alternativas de projeto continua um desafio, desperdiçando o enorme impacto que a tecnologia possui no auxílio à tomada de decisões qualificadas no início da projetação. A investigação na fase de concepção decorre da necessidade de integração à todas as etapas de projeto, permitindo que as informações geométricas ou não, sejam gerenciadas desde o início, fomentando um projeto integralizado. Tendo em consideração que BIM admite estas novas abordagens, examina-se a oportunidade e potencialidade de renovar a aplicabilidade de parâmetros de projeto (Alexander et al., 1977), assistindo a elaboração de algoritmos capazes de legitimar respostas aos problemas projetuais ainda no início do processo, podendo ser evidenciada no âmbito de projetos habitacionais de interesse social (HIS). Neste sentido, este artigo discute o uso combinado de ferramentas de autoria de modelos e de ferramentas baseadas em linguagem de programação visual no auxílio à etapa de concepção através do Enriquecimento Semântico em BIM. Esta metodologia provou ser viável no auxílio à tomada de decisão no processo de projeto de HIS. Os métodos aplicados no desenvolvimento desta metodologia podem ser reproduzidos com o propósito de qualificar outras tipologias de edifício.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovanna Tomczinski Novellini Brígitte, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela FEC-UNICAMP (2010). Concluiu mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura Tecnologia e Cidade da UNICAMP (2013), no qual participou como pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Modelagem da Informação e Colaboração Digital em Arquitetura Engenharia e Construção (gMIC) e da Rede Cooperativa de Pesquisa TICHIS, financiada pela Finep, onde desenvolveu estudos voltados para a aplicação de tecnologia da informação e comunicação no projeto e construção de habitações de interesse social. Doutora pelo PPGATC-UNICAMP (2019), na linha de pesquisa Teoria e Metodologia do Projeto e da Cidade, com ênfase em Tecnologias do Projeto. Tem experiência em incorporação, coordenação, planejamento e desenvolvimento de projetos com foco para a indústria da construção civil na área imobiliária. Atualmente, desenvolve pesquisas no tema de Building Information Modeling (BIM) abordando: o impacto de BIM no processo de projeto e ensino. Atua como professora e coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Facens em Sorocaba e membro da diretoria da ABEA (Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo), além de coordenar o centro de Inovação e Tecnologia em Cidade e Construção do Instituto de Pesquisa Facens. (Texto informado pelo autor na Plataforma Lattes 10/06/2020. Para versão atual, consultar: http://lattes.cnpq.br/9234329100754353)

Regina Coeli Ruschel, Universidade Estadual de Campinas

Livre docente em Projeto Auxiliado por Computador pela Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) da UNICAMP (2009), Doutor em Engenharia Elétrica na área de Automação pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da UNICAMP (1996), Mestre em Ciência em Engenharia Civil pela University of Arkansa (1984) e Engenheira Civil pela Escola de Engenharia de Piracicaba (1981). Foi professor em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa na FEC-UNICAMP de 1986 a 2016. Atualmente é Pesquisadora e Professora Colaboradora na FEC-UNICAMP junto ao Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Tecnologia e Cidade. É editora chefe da Revista PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção e membro do corpo editorial da Building Research and Information. Atuou na presidência e direção da Associação Nacional de Tecnologia no Ambiente Construído entre 2012-2016. Colabora ativamente em projetos de pesquisa com ênfase no desenvolvimento computacional para habitação de interesse social e desempenho ambiental. Investiga o uso da Realidade Aumentada aplicada ao projeto e gestão de facilidades avaliando a percepção e o impacto no desempenho dos usuários. Desenvolve pesquisa no tema de Building Information Modeling (BIM) e Aprendizado de Máquina aplicados ao projeto, construção e operação de edificações e no ensino. (Texto informado pelo autor na Plataforma Lattes 29/05/2020 - Para versão atualizada. consultar: http://lattes.cnpq.br/5458829100371043)

Referências

ALEXANDER, C.; ISHIKAWA, S.; SILVERSTEIN, M. A Pattern Language. New York: Oxford Univ., 1977.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. (2012). NBR 15965: Um sistema de classificação da informação da construção. Rio de Janeiro: ABNT.

BARROS, R. R. M. P. Habitação coletiva: a inclusão de conceitos humanizadores no processo de projeto. Campinas: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, UNICAMP, 2008. p.189 Tese (Doutorado). – Faculdade de Engenharia Civil, UNICAMP, 2008.

BARROS, R.; KOWALTOWSKI, D. Do projeto urbano ao detalhe construtivo “A Pattern Language” finalmente traduzida. Resenhas online, v. 12, p. 137, 2013.

BELSKY, M.; SACKS, R.; BRILAKIS, I. A Semantic Enrichment Engine for Building Information Modelling. Computer-Aided Civil and Infrastructure Engineering, p. 261-274.

BIANCONI, R. A linguagem matemática. Classnotes, IME-USP, 2002. Disponível em: https://www.ime.usp.br/~bianconi/recursos/lo.pdf. Acesso em: 18 de mai.de2018.

BOSCH, A.; VOLKER, L.; KOUTAMANIS, A. BIM in the operations stage: bottlenecks and implications for owners. Built Environment Project and Asset Management, v. 5, n. 3, p. 331-343, 2015.

BRÍGITTE, G. T. N.; RUSCHEL, R. C. "Identification of applicable patterns to algorithmization in BIM to explore solutions in the design stage of Social Housing", p. 68-73 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.

ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/sigradi2018-1466

BRÍGITTE, G. T. N. Parâmetros de projeto, BIM e aprendizado de máquina no suporte à decisão projetual. Campinas: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, UNICAMP, 2019. p.161 Tese (Doutorado). – Faculdade de Engenharia Civil, UNICAMP, 2019.

CHEN, Y. J., FENG, C. W., WANG, Y. R., WU, H. M. Using bim model and genectic algorithms to optimize the crew assignment for construction project planning, International Journal of Technology, 2, 3, 179-188. 2011.

DAWES, Michael J.; OSTWALD, Michael J. Christopher Alexander’s A Pattern Language: analysing, mapping and classifying the critical response. City, Territory and Architecture, v. 4, n. 1, p. 17, 2017.

EASTMAN, C. et al. Manual de BIM: um guia de modelagem da informação da construção para arquitetos, engenheiros, gerntes, construtores e incorporadores. Porto Alegre: Bookman, 2014.

GODOI, G. Procedimentos algorítmicos: o método albertiano. In: CELANI, M. G. C.; SEDREZ. (Organizadores). Arquitetura Contemporânea e automação: prática e reflexão. São Paulo: ProBooks, 2018. p. 29 a 40.

HEVNER, A.R.; MARCH, S.T.; PARK, J.; RAM, S. Design science in Information Systems Research. MIS Quarterly, v. 28, n. 1, p. 75-105, 2004.

JANSSEN, P. et al. Integration of an algorithmic bim approach in a traditional architecture studio. Proceedings of the 22nd International Conference of the Association for Computer-Aided Architectural Design Research in Asia (CAADRIA) p.633-643, 2017. Disponível em: < http://papers.cumincad.org/data/works/att/caadria2017_055.pdf >. Acesso em: 03 01. 2019.

KASSEM, Mohamad et al. BIM in facilities management applications: a case study of a large university complex. Built Environment Project and Asset Management, v. 5, n. 3, p. 261-277, 2015.

KOUTAMANIS, Alexander. Briefing and Building Information Modelling: Potential for integration. International Journal of Architectural Computing, v. 15, n. 2, p. 119-133, 2017.

LUKKA, K. The constructive research approach. In Ojala, L. & Hilmola, O-P. (eds.) Casestudy research in logistics. Publications of the Turku School of Economics and Business Administration, Series B1, p.83-101, 2003.

MARCH, S. T.; SMITH, G. F. Design and natural science research in Information Technology. Decision Suport Systems, v. 15, p. 251-266, 1995. http://dx.doi.org/10.1016/0167-9236(94)00041-2

OLIVEIRA E SOUSA, M. N. P.; MOREIRA, D. C. Aplicação da linguagem de padrões à avaliação de projetos de biblioteca pública. Gestão e Tecnologia de Projetos, São Paulo, v. 8, n. 2, p. 7-25, jul./dez. 2013. http://dx.doi.org/10.11606/gtp. v8i2.80946

RAPPL, K.; MEDRANO, L. S. Modelos de avaliação pré-construção em empreendimentos habitacionais de interesse social: uma revisão sistemática da literatura. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 8, n. 4, p. 286-300, dez. 2017. ISSN 1980-6809. doi: https://doi.org/10.20396/parc.v8i4.8650238.

SACKS, R. et al. Automating Design Review with Artificial Intelligence and BIM: State of the Art and Research Framework. In: Computing in Civil Engineering 2019: Visualization, Information Modeling, and Simulation. Reston, VA: American Society of Civil Engineers, 2019. p. 353-360.

SALINGAROS, N. Scientific basis for creating architectural forms. Journal of Architectural and Planning Research, Chicago, v. 15, n. 4, p.283‐294, Winter 2000.

SEGHIER, Taki Eddine et al. Building envelope thermal performance assessment using visual programming and BIM, based on ETTV requirement of Green Mark and GreenRE. International Journal of Built Environment and Sustainability, v. 4, n. 3, 2017.

SIMON, H. The Sciences of the Artificial. Cambridge: The MIT Press, 1969.

SOLIHIN, W., EASTMAN, C. Classification of rules for automated BIM rule checking development. Automation in construction, 53, 69-82, 2015.

VAISHNAVI, V.; KUECHLER, W. Design Research in Information Systems. 2005 .Disponível em: . Acesso em: 14 fev. 2017.

VAN AKEN, J. E. Management Research Based on the Paradigm of the Design Sciences: The Quest for Field- Tested and Grounded Technological Rules. Journal of Management Studies, v. 41, n. 2, p. 219-246, 2004. http://dx.doi.org/10.1111/j.1467-6486.2004.00430.x

VOORDT, T. J. M. V. D.; WEGEN, H. B. R. V. Arquitetura sob o olhar do usuário: programa de necessidades, projeto e avaliação de edificações. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

WIERZBICKI, M.; DE SILVA, C. W.; K., Don H. BIM–HISTORY and TRENDS. CONVR2011, International Conference on Construction Applications of Virtual Reality, 2011.

Publicado
2020-06-29
Como Citar
Brígitte, G., & Ruschel, R. (2020). Operacionalização de parâmetros de projeto por meio do enriquecimento semântico em modelos BIM de habitação de interesse social. Gestão & Tecnologia De Projetos, 15(2), 20-32. https://doi.org/10.11606/gtp.v15i2.159857

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)