Como você mora: sistema interativo de avaliação pós-ocupação em meios digitais

Palavras-chave: Avaliação Pós-Ocupação, Inovação Tecnológica, Habitação, Qualidade espacial e ambiental, Interação homem-computador

Resumo

A relevância da avaliação pós-ocupação para a produção de habitações com maior qualidade já é muito consolidada em pesquisas na área da construção civil. A pesquisa “[COMO VOCÊ MORA] Sistema interativo de APO da qualidade do habitar em meios digitais. ETAPA 2_testes e ajustes no banco de dados” trata-se de um Projeto de Inovação Tecnológica desenvolvido pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Design, que consiste no desenvolvimento de um aplicativo interativo intitulado “COMO VOCÊ MORA” e em um banco de dados de gerenciamento de avaliações pós-ocupação (APOs), o “SISTEMA APO DIGITAL”. Trata-se de instrumentos que respaldam a identificação da qualidade de habitações e cuja viabilidade pode ser testada em estudos de caso, fundamentando sua replicação futura em território nacional. Estes instrumentos substituem os questionários tradicionais em papel e buscam o aprimoramento da experiência do usuário, no objetivo de tornar o processo da APO mais eficiente ampliando a qualidade dos dados obtidos, através do uso de interfaces gráficas projetadas para dispositivos móveis. O presente artigo irá tratar de uma análise do desempenho do aplicativo CVM em testes realizados na cidade de Uberlândia, MG. Nessa etapa, o método utilizado para o pré-teste e para a aplicação foram respectivamente o “Think Aloud” ou “Verbalização de Procedimentos”, e a definição de estudos de caso. Como resultado verificou-se que o sistema de avaliação CVM, no que diz respeito a novos formatos das avaliações pós-ocupação, oferece uma conotação mais interativa e permite um alcance maior, podendo impactar direta e positivamente na área de Pesquisa em Habitação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Barbosa Villa, Universidade Federal de Uberlândia. - Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design

Visiting Scholar na University of Cambridge, UK - Department of Architecture (2017-2018) - pesquisa de pós-doc. Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP-2008). Possui Bolsa Produtividade em Pesquisa (PQ-CNPq - Nível 2). Professor Associado I da Universidade Federal de Uberlândia (UFU/MG) na Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design (FAUeD). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUeD/UFU. Coordenadora do [MORA] Pesquisa em Habitação - CNPq. Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo / EESC / Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (2002). Parecerista ah doc da FAPESP (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo), FAPEMIG (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais), CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e de revistas e eventos científicos da área. Tem experiência na área temática: Habitação Contemporânea, Habitação de Interesse Social, Processo de Projeto, Avaliação Pós-Ocupação, Resiliência. Autora dos livros ?Qualidade Ambiental na Habitação: avaliação pós-ocupação? e Avaliação Pós-Ocupação no Programa Minha Casa Minha Vida: uma experiência metodológica". É editora da área de Arquitetura da Revista Ambiente Construído (A2). Possui artigos científicos publicados em revistas indexadas qualis nas temáticas citadas - Ambiente Construído, Gestão & Tecnologia de Projetos, Journal of Housing and the Built Environment. Participa de projetos de cooperação internacional com a Inglaterra (School of Architecture, The University of Sheffield) e Portugal (Faculdade de Arquitetura, Universidade de Lisboa). (Fonte: Currículo Lattes)

Referências

ADESSE, E.; SALGADO, M. S. Importância do coordenador de projeto na gestão da construção. In: Seminário Internacional NUTAL, 2006, São Paulo. Anais... São Paulo, 2006.

AMBROSE, G.; HARRIS, P. Layout. Porto Alegre: Bookman, 2012.

BACHELAR, G. A poética do habitar. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

BECHTEL, R.; CHURCHMAN, A. (Ed.) Handbook of Environmental Psychology. New York: John Wiley & Sons, Inc. 2001.

CHANDLER, C.; UNGER, R. O Guia para Projetar Ux: a experiência do usuário (UX) para projetistas de conteúdo digital, aplicações e web sites. Rio de Janeiro: Alta Books, 2009.

CHANDLER, H. Manual de Produção de Jogos Digitais. Bookman, 2009.

COATES, P; ARAYICI, Y; OZTURK, Z. New concepts of Post Occupancy Evaluation (POE) utilizing BIM benchmarking techniques and sensing devices, In: Sustainability in Energy and Buildings. Smart Innovation, Systems and Technologies. Volume 12, 2012, pp 319-329.

COLE, R. J. Building environmental assessment methods: redefining intentions and roles. Building Research & Information, v. 33, n. 5, 2005, p. 455–467.

ELALI, G.A; VELOSO, M. Avaliação Pós-Ocupação e processo de concepção projetual em arquitetura: Uma relação a ser melhor compreendida. In: NÚCLEO DE PESQUISA EM TECNOLOGIA DA ARQUITETURA E URBANISMO, 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: NUTAU/FAU-USP/FUPAM, 2006. 1 CD-ROM.

KOWALTOWSKI, D. C. C. K; MOREIRA, D. de C.; PETRECHE, J. R. D.; FABRÍCIO, M. M. (orgs.) O Processo de projeto em arquitetura: da teoria à tecnologia. São Paulo: Editora Oficina de Textos / FAPESP, 2011. 504p.

MALLORY-HILL, S.; PREISER, W.; WATSON, C. Enhancing building performance. London: Wiley-Blackwell Press, 2012.

MELHADO, S. B. Qualidade e avaliação de desempenho no processo de projeto. São Paulo, SP. 2004. In: Seminário Internacional NUTAU, São Paulo, 2004. Artigo técnico.

NIELSEN, J. Usability Engineering. Oxford: Academic Press, 1993.

ONO, R.; ORNSTEIN, S. W.; VILLA, S. B.; FRANÇA, A. J. G. L. (Org.) Avaliação Pós-Ocupação (APO) na Arquitetura, no Urbanismo e no Design: da Teoria à Prática. São Paulo: Oficina de Textos, 2018.

ORNSTEIN, S. W; VILLA, S. B; ONO, R. Residential high-rise buildings in São Paulo: aspects related to the adequacy to the occupant’s needs. JOURNAL OF HOUSING AND THE BUILT ENVIRONMENT, p. 10.1007/s10901--1, 2010.

PREECE, J.; ROGERS, Y.; SHARP, Helen. Design de Interação: Além da Interação homem-computador. Editora Bookman, São Paulo: 2005.

PREISER, W. F. E; VISCHER, J. C. (Ed.) Assessing Building Performance. Oxford: Elsevier, 2005.

SARAMAGO, R. C. P.; VILLA, S. B.; SILVA, A. C. COMO VOCÊ MORA: avaliação da qualidade ambiental de habitações. In: ELECS 2017 – IX Encontro Nacional, VII Encontro Latino-Americano, II Encontro Latino-Americano e Europeu Sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis, 2017, SÃO LEOPOLDO / RS. ANAIS do IX Encontro Nacional, VII Encontro Latino-Americano, II Encontro Latino-Americano e Europeu Sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis. São Leopoldo / RS: Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Unisinos, 2017. v. 1. p. 153-163.

SANTAELLA, L. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora visual verbal: aplicações na hipermídia. São Paulo: FAPESP, 2005.

SILVA, M. A. C.; SOUZA, R. Gestão do processo de projeto de edificações. São Paulo: O Nome da Rosa, 2003.

SOMMER, B; SOMMER, R. A practical guide to behavioral research. Tools and Techniques. New York: Oxford University Press. 1997.

VILLA, S. B. Morar em Apartamentos: a produção dos espaços privados e semi-privados nos apartamentos ofertados pelo mercado imobiliário no século XXI - São Paulo e Ribeirão Preto. Critérios para Avaliação Pós-Ocupação. 2008. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo / Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, São Paulo, 2008.

VILLA, S. B.; ORNSTEIN, S. W. (Org.) Qualidade ambiental na habitação: avaliação pós-ocupação. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

VILLA, S. B.; SARAMAGO, R. C. P. A Qualidade Espacial e Ambiental de Edifícios de Apartamentos em Cidades Médias. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 3., São Paulo, 2014. Anais... São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2014.

VILLA, S. B.; SILVA, L. A. Avaliando a qualidade espacial e o modo de vida em edifícios de apartamentos: o caso do Edifício Ouro Preto em Uberlândia. In: SALGADO, M. S.; et al. (Org.). Projetos Complexos e seus Impactos na Cidade e na Paisagem. 1ed. Rio de Janeiro: UFRJ/PROARQ; ANTAC. v. 1, 2012, p. 1-240.

VILLA, S. B.; LEMOS, S. M.; SALUSTIANO, L. R.; RIBEIRO, G. P. N.; RIBEIRO, R. A. Avaliando a qualidade de apartamentos: o uso da tecnologia e de interfaces digitais para análises pós-ocupacionais. In: 3º CHIEL – Congresso Internacional de Habitação no Espaço Lusófono, 2015, São Paulo. Anais do 3º CHIEL – Congresso Internacional de Habitação no Espaço Lusófono. São Paulo: FAU-USP, 2015a.

VILLA, S. B.; LIMA, M. A. V.; GARREFA, F.; LEMOS, S. M. Post-Occupancy Evaluation of Apartments: The Use of Technology and Digital Interfaces to Amplify its Efficiency. In: Architecture and Resilience on a Human Scale Conference 2015, 2015, Sheffield – Reino Unido. Architecture and Resilience on a Human Scale Conference 2015, 2015b.5.

VOORDT, T. J. M. V.; WEGEN, H. B.R. Arquitetura sob o olhar do usuário: programa de necessidades, projeto e avaliação de edificações. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos / Robert K. Yin; tradução Ana Thorell; revisão técnica Cláudio Damacena. - 4. ed. - Porto Alegre: Bookman, 2010. 248 p.; 23cm.

ZANDONÁ, D. Testes de Usabilidade. 2017. Disponível em: <https://pt.slideshare.net/DanieleZ/testes-de-usabilidade-77273046>. Acesso em: set. 2018.

ZICHERMANN, G.; CUNNINGHAM, C. Gamification by design. implementing game mechanics in web and mobile apps. Canada: O’Reilly Media, 2011.

Publicado
2020-06-29
Como Citar
Villa, S., Bruno, D., Trevisan, A., & Leão, C. R. L. (2020). Como você mora: sistema interativo de avaliação pós-ocupação em meios digitais. Gestão & Tecnologia De Projetos, 15(2), 33-51. https://doi.org/10.11606/gtp.v15i2.164344

Dados de financiamento