DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE INDICADORES PARA BENCHMARKING NA CONSTRUÇÃO: USO PARA COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO VISANDO À MELHORIA DE DESEMPENHO

  • Dayana Bastos Costa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Letícia Ramos Berr Universidade do Rio Grande do Sul
  • Carlos Torres Formoso Universidade do Rio Grande do Sul

Resumo

Nos últimos anos, as empresas de construção vêm investindo em sistemas de medição de desempenho, especialmente para comparação de desempenho. Neste contexto, em 2003 foi iniciado um projeto cujo objetivo foi desenvolver e implementar um Sistema de Indicadores para Benchmarking na Construção, utilizando a Tecnologia da Informação. Para tanto foram desenvolvidos dois mecanismos, o Clube de Benchmarking, como uma rede para compartilhamento de práticas e experiências entre as empresas de construção e o Sistema de Indicadores On-line, que permite o ingresso de dados dos indicadores diretamente pelas empresas e o acesso aos resultados para a comparação de desempenho. Este artigo tem como objetivo apresentar e discutir o processo de desenvolvimento, implementação e uso destes dois mecanismos como facilitadores para o compartilhamento de conhecimento e comparação de desempenho visando à melhoria de desempenho das empresas de construção. O estudo foi realizado utilizando a estratégia de pesquisa-ação. Vinte empresas de construção da Região Metropolitana de Porto Alegre participaram do projeto, ao longo de um período de três anos. Os resultados obtidos são apresentados a partir da descrição das principais características tanto Clube quanto do sistema on-line desenvolvidos. Como conclusão, identificou-se por um lado que ambos os mecanismos facilitaram o compartilhamento de conhecimentos e comparação de desempenho entre as empresas de construção, e permitiram que as mesmas alcançassem melhorias de desempenho. Entretanto, as melhorias de desempenho alcançadas pelas empresas são dependentes: (a) do nível de maturidade das empresas, que se refere o quanto os processos organizacionais e gerenciais destas empresas estão desenvolvidos; e (b) a capacidade de absorção, que significa a habilidade das empresas de reconhecer o valor do conhecimento disponibilizado externamente, de modo a adquirir, entender, disseminar, transformar e usar este conhecimento dentro do contexto organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dayana Bastos Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Currículo LATTES
Carlos Torres Formoso, Universidade do Rio Grande do Sul
Professor-orientador e pesquisador do Curso de Pós-graduação em Engenharia Civil e Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção da UFRGS. Coordenador do convênio de cooperação acadêmica entre a UFRGS e a Universidade de Salford, o qual é apoiado conjuntamente pela CAPES e British Council, desde 1993. Coordenador de diversos convênios envolvendo a UFRGS, SEBRAE/RS e SINDUSCONs, relacionados à realização de projetos de pesquisa e desenvolvimento na área de gestão da qualidade e produtividade na construção civil. Pesquisador do CNPQ. Currículo LATTES
Publicado
2007-11-03
Como Citar
Costa, D., Berr, L., & Formoso, C. (2007). DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE INDICADORES PARA BENCHMARKING NA CONSTRUÇÃO: USO PARA COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO VISANDO À MELHORIA DE DESEMPENHO. Gestão & Tecnologia De Projetos, 2(2), 1-22. https://doi.org/10.4237/gtp.v2i2.41