PARADIGMAS DE REPRESENTAÇÃO DE MODULAÇÃO DE ALVENARIAS EM FERRAMENTAS BIM

  • Ari Monteiro EPUSP
  • Rita Cristina Ferreira DWG
  • Eduardo Toledo Santos EPUSP
Palavras-chave: Projeto para produção de alvenaria, parametrização, BIM

Resumo

As novas ferramentas CAD que suportam o conceito de Building Information Modeling (BIM) baseiam-se na modelagem 3D da geometria do edifício instanciando objetos contidos em famílias de componentes. Alguns destes objetos possuem geometria bastante detalhada, enquanto outros se restringem às suas fronteiras mais externas. No caso do objeto “parede”, esta representação normalmente limita-se às suas faces externas e uma lista de camadas utilizadas para representar sua composição interna (núcleo e revestimentos). Esta representação torna o arquivo leve, favorecendo o desempenho da aplicação. No entanto, para projetos que necessitam de um nível de detalhe superior àquele oferecido por esta solução, como o projeto para produção de vedações verticais em alvenaria (PPVVA), uma representação 3D completa dos elementos da parede é importante. Neste cenário, surge uma questão: como representar os elementos da parede de maneira a atender aos requisitos do PPVVA e, ao mesmo tempo, não degradar o desempenho de manipulação do modelo BIM? Este trabalho apresenta algumas abordagens para a representação da modulação: uma explícita (famílias de objetos) e outras implícitas (array / modelagem generativa). Uma análise comparativa destas abordagens é apresentada, destacando-se as suas vantagens e desvantagens, tais como dificuldade de implementação, facilidade de utilização e impacto no desempenho da aplicação. A viabilidade de cada método foi estudada, restringindo-se ao software Autodesk Revit® Architecture 2009/2010, considerando-se os processamentos para geração de vistas 2D e quantificação de componentes, bem como consumo de memória e processamento ligados a cada abordagem, permitindo a tomada de decisão no nível de implementação. * Artigo disponível em versão completa em inglês REPRESENTATION PARADIGMS FOR MASONRY MODULATION IN BIM TOOLS ABSTRACT New CAD tools which support the BIM (Building Information Modeling) concept are based on 3D modeling of buildings by instancing objects from component families. Some of these objects have detailed geometry while others are restricted to their outer boundaries. For example, in the “wall object” this representation usually is limited to its external faces, and a list of layers is used to represent its internal composition (core and finishes). This representation makes the file light, favoring the application performance. However, in designs that require a higher detail level than this solution supports, like the Masonry Design for Production (MDP), a complete 3D representation of wall components is important. In this context, a question arises: how to represent the wall elements in a way that fulfills the MDP requirements and, at the same time, do not degrade the handling performance of the BIM model? This work presents some approaches to representing masonry modulation: an explicit one (object families) and others where the representation is implicit (array / generative modeling). A comparative analysis is presented, highlighting their pros and cons like implementation complexity, ease of use and performance impact on the application. The feasibility of each method was studied on Autodesk Revit® Architecture 2009/2010 considering generation of 2D views and quantity take off tasks, as well as memory and CPU consumption for each approach, enabling decision making at the implementation level. Keywords: Masonry Design for Production, parameterization, BIM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ari Monteiro, EPUSP
Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica da USP CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0929461339415273
Rita Cristina Ferreira, DWG
Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (1990). Mestrado em Engenharia Civil pela Escola Politécica da USP (2007). Sócia e Diretora - DWG Arquitetura e Sistemas desde 1994. Tem experiência na área de Construção de Edifícios, com ênfase em Tecnologia da Informação aplicada a projeto e construção, Coordenação Técnica de Projetos para construção, desenvolvimento de Projetos de Produção, Gestão de Projetos de inovação, atuando principalmente com as seguintes abordagens e ferramentas: análise de compatibilidade, uso do CAD 3D, Modelagem da Informação na Construção (BIM), UML (Unified Modelling Language) e RUP (Rational Unified Process). (Texto informado pelo autor) CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/8816822206656848
Eduardo Toledo Santos, EPUSP
Eduardo Toledo Santos concluiu o doutorado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1998. Atualmente é Professor Doutor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Vice President for the Americas da International Society for Geometry and Graphics (ISGG). Publicou 13 artigos em periódicos especializados e mais de 100 trabalhos em anais de eventos. Possui 4 capítulos de livros e 7 livros publicados/organizados. Possui 12 softwares e outros 35 itens de produção técnica. Participou de 14 eventos no exterior e 74 no Brasil. Orientou 6 dissertações de mestrado e 3 teses de doutorado, além de ter orientado 17 trabalhos de iniciação científica nas áreas de Engenharia Civil, Educação, Engenharia Mecânica e Ciência da Computação. Recebeu 11 prêmios e/ou homenagens. Atualmente coordena 2 projetos de pesquisa. Atua na área de Engenharia Civil, com ênfase em Tecnologia da Informação. Em suas atividades profissionais interagiu com 121 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Educação à Distância, Construção Civil, Tecnologia da informação, Geometria, Desenho Técnico, Internet, Computação Gráfica, Geometria Descritiva, Ensino de Engenharia e Java e Building Information Modeling (BIM). (14/07/2007) CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/861512736746623
Publicado
2009-12-15
Como Citar
Monteiro, A., Ferreira, R., & Santos, E. (2009). PARADIGMAS DE REPRESENTAÇÃO DE MODULAÇÃO DE ALVENARIAS EM FERRAMENTAS BIM. Gestão & Tecnologia De Projetos, 4(2), p.54-75. https://doi.org/10.4237/gtp.v4i2.101