AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO EM CRECHE INSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO: UMA EXPERIÊNCIA NO LUGAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Hélide Cristina Steenhagen Blower PROARQ- FAU / UFRJ
  • Giselle Arteiro Nielsen Azevedo PROARQ/FAU-UFRJ
Palavras-chave: APO, Educação Infantil, Ambiente Construído

Resumo

As experiências de Avaliação Pós-Ocupação se fazem cada vez mais presentes nas pesquisas da área de Arquitetura e Urbanismo, contribuindo para a compreensão das vivências e interações homem-ambiente construído. Este artigo dá ênfase à reflexão sobre os aspectos perceptivos e cognitivos dos sujeitos-usuários em uma creche institucional da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, considerando sua experiência no lugar de educação infantil. A partir da aplicação de algumas ferramentas de Avaliação Pós Ocupação – observação compartilhada, mapa cognitivo e poema dos desejos, foi possível verificar os conceitos de valorização, significação e conseqüente construção do lugar de Yi-FuTuan e o conceito de responsividade dos ambientes, preconizado por Henry Sanoff. Nesse trabalho serão apresentadas especificamente, as informações obtidas com os instrumentos aplicados aos adultos. Com os resultados foi possível identificar alguns aspectos importantes que podem comprometer o desenvolvimento infantil e as atividades pedagógicas, como a precariedade dos espaços livres externos, o desconforto térmico dos ambientes e a quase inexistência de materiais e equipamentos lúdicos. As atividades de desenho realizadas com os adultos demonstraram como os usuários podem ser instrumentos importantes de interlocução, a partir da compreensão de como esse ambiente vivenciado é simbolicamente percebido e que essa experiência é impregnada de valores, afetos e significados - além de ser influenciada pela cultura e condição sócio-histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giselle Arteiro Nielsen Azevedo, PROARQ/FAU-UFRJ
Professoar Adjunta PROARQ/ FAU-UFRJ
Publicado
2010-11-11
Como Citar
Blower, H. C., & Azevedo, G. (2010). AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO EM CRECHE INSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO: UMA EXPERIÊNCIA NO LUGAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL. Gestão & Tecnologia De Projetos, 5(2), p. 99-130. https://doi.org/10.4237/gtp.v5i2.164