A Dessensibilização do Cotidiano

  • Edson Prudencio de Lima Universidade de São Paulo. Grupo de Estudos Migratórios (CEM)
Palavras-chave: Fotografia, Trabalho infantil, Cotidiano, Matadouro, Agreste

Resumo

O ensaio fotográfico “A dessensibilização do cotidiano” é uma projeto autoral, com fotos e texto, que busca provocar a reflexão crítica de nossa percepção à dor do outro através de imagens que simbolizem nossa dessensibilização ao sofrimento que nos é próximo. As fotos mostram o cotidiano de um matadouro clandestino no agreste pernambucano, em que a ausência de condições de higiene e segurança e o envolvimento de crianças na lide com a limpeza de membros e órgãos dos animais abatidos são pretextos para uma análise crítica de nossa incapacidade de sensibilização à dor alheia, quando esta nos cerca diariamente, banalizada pela repetição. O texto busca conduzir o olhar e a atenção do observador do choque inicial − causado pela narrativa visual − ao reconhecimento de que o estranhamento causado pelas imagens denuncia de forma constrangedora nossa relação de impassividade diante da dor do outro, presente em nosso cotidiano. Além disso, o texto descreve brevemente o processo acidental da escolha do tema a partir de um recorte humanista, a interação com os fotografados, o dilema da composição fotográfica e sua relação ética e estética. A primeira exposição do projeto A dessensibilização do cotidiano foi realizada em abril de 2015 em um Centro Estudantil em Friburgo, Suíça, com curadoria da fotógrafa Mélanie Baierlé.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Prudencio de Lima, Universidade de São Paulo. Grupo de Estudos Migratórios (CEM)
Analista de sistemas, professor de inglês e espanhol e fotógrafo de espetáculos de dança e teatro. É membro do Grupo de Estudos de Migração do CEM/Labur-USP
Publicado
2017-05-29
Como Citar
Lima, E. (2017). A Dessensibilização do Cotidiano. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia, 2(1). https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2017.127318
Seção
Gestos, imagens e sons