Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A Dessensibilização do Cotidiano

Edson Prudencio de Lima

Resumo


O ensaio fotográfico “A dessensibilização do cotidiano” é uma projeto autoral, com fotos e texto, que busca provocar a reflexão crítica de nossa percepção à dor do outro através de imagens que simbolizem nossa dessensibilização ao sofrimento que nos é próximo. As fotos mostram o cotidiano de um matadouro clandestino no agreste pernambucano, em que a ausência de condições de higiene e segurança e o envolvimento de crianças na lide com a limpeza de membros e órgãos dos animais abatidos são pretextos para uma análise crítica de nossa incapacidade de sensibilização à dor alheia, quando esta nos cerca diariamente, banalizada pela repetição. O texto busca conduzir o olhar e a atenção do observador do choque inicial − causado pela narrativa visual − ao reconhecimento de que o estranhamento causado pelas imagens denuncia de forma constrangedora nossa relação de impassividade diante da dor do outro, presente em nosso cotidiano. Além disso, o texto descreve brevemente o processo acidental da escolha do tema a partir de um recorte humanista, a interação com os fotografados, o dilema da composição fotográfica e sua relação ética e estética. A primeira exposição do projeto A dessensibilização do cotidiano foi realizada em abril de 2015 em um Centro Estudantil em Friburgo, Suíça, com curadoria da fotógrafa Mélanie Baierlé.


Palavras-chave


Fotografia; Trabalho infantil; Cotidiano; Matadouro; Agreste

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2017.127318

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Edson Prudencio de Lima

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.