Arquivos e Imagens (Pós) Coloniais: Contribuições Analíticas sobre duas Coleções Fotográficas

  • Bruna Nunes da Costa Triana Universidade de São Paulo, São Paulo. Programa de Pós Graduação em Antropologia Social
Palavras-chave: Gêneros fotográficos, Olhar etnográfico, Fotojornalismo, Colonialismo, Arquivo

Resumo

O objetivo do texto é aproximar os gêneros da fotografia etnográfica e documentária, de modo a problematizar a forma como as duas tradições se utilizaram dos discursos sobre “verdade” e “real” vigentes em cada período para conferir inteligibilidade e legitimidade às respectivas práticas. Para tanto, mobilizam-se os acervos fotográficos do português José Augusto da Cunha Moraes (1855-1933) e do moçambicano Ricardo Rangel (1924-2009), a fim de lançar luz sobre convenções técnicas e estéticas estabelecidas em cada momento e que foram incorporadas nas produções fotográficas dos dois artistas. O argumento é de que a crença numa realidade exterior, passível de ser integralmente capturada, seja para fins de produção de conhecimento científico ou de denúncia social, norteou ambas as práticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Nunes da Costa Triana, Universidade de São Paulo, São Paulo. Programa de Pós Graduação em Antropologia Social
Doutoranda em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo (PPGAS/USP) com bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Pesquisadora associada do Grupo de Antropologia Visual(GRAVI/USP). Realiza pesquisa sobre os temas de fotografia, memória, arquivo e colonialismo
Publicado
2017-05-29
Como Citar
Triana, B. (2017). Arquivos e Imagens (Pós) Coloniais: Contribuições Analíticas sobre duas Coleções Fotográficas. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia, 2(1). https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2017.129127
Seção
Artigos