Da rua para os palcos, relações insuspeitas entre dança popular e dança teatral (Resenha de Marianna Monteiro)

  • Ewelter Rocha Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Dança, Popular, Teatro, Religião

Resumo

A relação conflituosa entre uma suposta “natureza dançante” do povo brasileiro e a participação apenas remota que a dança de palco ocupa no cenário cultural do Brasil constitui a provocação inicial que motivou Marianna Monteiro a realizar sua pesquisa, oportunamente nominada Dança popular: espetáculo e devoção. Como preconizado no subtítulo, a investigação lida com vetores aparentemente opostos – advindos da velha dialética do sagrado e do profano – contudo, marcados por relações insuspeitas, em que política, economia, estética e religião se interceptam nos processos formativos das danças populares brasileiras, considerados pela autora como parte integrante da expansão do Estado Moderno português, entre os séculos XVI e XVIII. A pesquisa é fruto da tese de doutorado apresentada ao Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), sob orientação da professora Olgária Feres Matos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ewelter Rocha, Universidade Estadual do Ceará
Etnomusicólogo (UFBA) e doutor em Antropologia Social (USP). Atualmente, é professor da Universidade Estadual do Ceará, desenvolvendo pesquisas sobre narrativas e escrituras etnográficas que articulam, em diferentes suportes, sonoridades, vídeos, textos e fotografias.
Publicado
2018-07-23
Como Citar
Rocha, E. (2018). Da rua para os palcos, relações insuspeitas entre dança popular e dança teatral (Resenha de Marianna Monteiro). GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia, 3(1). https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2018.142624
Seção
T.E.R - Traduções, Entrevistas e Resenhas