Oficinas de Planejamento em Saúde na Disciplina de Saúde Coletiva: Relato de Experiência

  • Rafael Esdras Brito Garganta da Silva Universidade Federal do Amazonas
  • Antônio de Pádua Quirino Ramalho Universidade Federal do Amazonas. Departamento de Saúde Coletiva
  • Carla Caroline Oliveira de Souza Universidade Federal do Amazonas
Palavras-chave: Planejamento, Saúde Pública, Educação Médica.

Resumo

O conceito de saúde não é somente ausência de doença, mas envolve uma série de fatores condicionantes e determinantes. Considerando essa complexidade, surge a necessidade de ser implementada a saúde coletiva na matriz curricular do curso de Medicina. No interior de suas subáreas estão inseridos o planejamento e a gestão em saúde; a partir dos mesmos, é possível construir estratégias e identificar oportunidades para solucionar problemas, sobretudo na atenção primária. Na disciplina Saúde Coletiva IV do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), os alunos são imersos em atividades voltadas para o tema, tais como as oficinas de planejamento. No total ocorreram três, e por meio da organização de grupos foi possível discutir sobre prevalência de doenças, situações de risco em saúde e vulnerabilidade social. Experiências como essas devem ser mais frequentes na formação de novos profissionais, para que os mesmos estejam aptos não apenas para o mercado de trabalho, mas para a construção de novas propostas à saúde pública.
Publicado
2018-07-04
Como Citar
Silva, R. E., Ramalho, A., & Souza, C. C. (2018). Oficinas de Planejamento em Saúde na Disciplina de Saúde Coletiva: Relato de Experiência. Revista De Graduação USP, 3(2), 87-91. https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v3i2p87-91
Seção
Relatos