O método analytic network process na instalação de polos de ensino a distância: uma análise bibliométrica

Autores

  • Fabrício Martins Carvalho da Silva Universidade Federal Fluminense
  • Júlio César Andrade de Abreu Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p5-17

Palavras-chave:

Produção Científica, Webibliomining, Ensino à Distância, Multicritério

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo mapear a produção científica em apoio multicritério no método Analytic Network Process aplicado à instalação de polos de ensino a distância, identificando os periódicos, autores, países e as instituições que mais publicaram sobre o tema, e dessa forma propor a futuros pesquisadores um método para desenvolver um “núcleo de partida” de uma pesquisa bibliográfica. Foi utilizado um modelo proposto de webibliomining, na base de dados Web of Science, que analisou a produção científica no período de 2003 a 2017. Os procedimentos metodológicos se utilizaram de uma pesquisa descritiva e exploratória, com abordagem quantitativa. Os resultados apontaram 11.221 artigos, e após uma análise bibliométrica constatou-se que o “pico” da produção foi no ano de 2017 com 1.556 artigos. Os Estados Unidos foram responsáveis por 25,30% do total de artigos publicados, sendo a Educação a área que mais publicou artigos, 24,97%. Foram selecionados trinta artigos para compor o “núcleo de partida” para uma futura pesquisa bibliográfica.

Referências

ALVARADO, R. U. “A Bibliometria no Brasil”. Ciência da Informação, vol. 13, n. 2, 1984, pp. 91-105.

AMARAL, R. M. et al. “Uma Visão da Produção científica nos Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção através da Bibliometria”. Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 25, 2004, 03-05 nov.; Florianópolis-SC. Anais. Florianópolis-SC: Engenep, 2005.

ARRUDA, D. E. P. & ARRUDA, E. P. “Educação a Distância no Brasil: Políticas Públicas e Democratização do Acesso ao Ensino Superior”. Educação em Revista, Belo Horizonte, vol. 31, n. 3, jul./set. 2015, pp. 321-338.

BELLONI, M. L. Educação a Distância. São Paulo: Autores Associados, 2008.

BIBENG. Biblioteca da Escola de Engenharia da UFRGS. Web of Science – Tutorial, 2014. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/bibeng/wp-content/uploads/2014/02/WEB_OF_SCIENCE.pdf>. Acessado em 20 mar. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Referenciais de Qualidade para a Educação Superior a Distância. Brasília, DF: Seed-MEC, 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/legislacao/refead1.pdf>. Acessado em 16 mar. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Censo da Educação Superior, 2017. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/docman/setembro-2018-pdf/97041-apresentac-a-o-censo-superior-u-ltimo/file>. Acessado em 15 abr. 2019.

COSTA, H. G. “Modelo para Webibliomining: Proposta e Caso de Aplicação”. Revista da FAE, vol. 13, n. 1, 2010, pp. 115-126.

GASPAR, I.A.; SHIMOYA, A. &SHIMODA, E. “Extração de Informações de Laudos Médicos Utilizando Text Mining: Aplicação do Método Webibliomining”. Acta Biomedica Brasiliensia, vol. 9, n. 2, 2018, pp.01-09.

KNUPPEL, M. A. C. “Polos de Educação a Distância no Brasil: Identidade e Representação”. EmRede: Revista de Educação a Distância, vol. 4, n. 2, 2017, pp. 285-302.

MOODLE LIVRE.com. 5 Países que Lideram o Setor de Cursos a Distância no Mundo. Disponível em: <https://www.moodlelivre.com.br/noticias/3200-5-paises-que-lideram-o-setor-de-cursos-a-distancia-no-mundo>. Acessado em 25 maio 2019.

MOTA, R. “A Universidade Aberta do Brasil”. In: LITTO, F. M. & FORMIGA, M. M. M. Educação a Distância: o Estado da Arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil, vol. 1, 2009, pp. 297-303.

NICHOLSON, S. “O Processo da Bibliomineração: Repositório de Dados e Mineração de Dados para Tomada de Decisão em Bibliotecas”. Transinformação, vol. 16, n. 3, 2004, pp. 253-261.

PEIXOTO FILHO, J. Modelagem Multicriterial Aplicada a Seleção de Municípios para Abertura de Polos de Educação a Distância. 2016. 120 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção), Universidade Cândido Mendes, Rio de Janeiro, 2016.

PEREIRA, F. C. & COSTA, H. G. “Métodos Multicritério de Apoio à Decisão: um Estudo Bibliométrico em Periódicos Indexados na Base Isi Web Of Science ”. Congresso Nacional de Excelência e Gestão, 11, 2015, 13-14 ago. Anais. Rio de Janeiro: Inovarse, 2015.

PRITCHARD, A. “Statistical Bibliography or Bibliometrics?”. Journal of Documentation, vol. 25, n. 4, 1969, pp. 348-349.

SAATY, T. L. Theory and Applications of the Analytic Network Process: Decision Making with Benefits, Opportunities, Costs and Risks. Pittsburgh: RWS, 2005.

SAATY, T. L. “The Modern Science of Multicriteria Decision Making and Its Practical Applications: The AHP/ANP Approach”. Operations Research, vol. 61, ed. 5, 2013, pp. 1101-1118.

SILVA, F. M. C. & ABREU, J. C. A. “Aplicação do Método de Análise em Rede na Instalação de Polos de Educação a Distância na Região Serrana Fluminense”. Revista EDaPECI, Sergipe, vol. 19, n. 1, jan./abr. 2019, pp. 28-43.

SILVA, F. M. C.; HERNÁNDEZ, C. T. & ABREU, J. C. A. “Avaliação de Critérios para Instalação de Polos de Apoio Presencial para Cursos de Ensino a Distância Utilizando o Analytic Network Process”. Competência, Porto Alegre, vol. 10, n. 2, dez. 2017.

VANTI, N. “Da Bibliometria à Webometria: uma Exploração Conceitual dos Mecanismos Utilizados para Medir o Registro da Informação e a Difusão do Conhecimento”. Ciência da Informação, v.31, n.2, 2002, p.152-162.

WORMELL, I. “Informetria: Explorando Bases de Dados como Instrumentos de Análise”. Ciência da Informação, Brasília, vol. 27, n. 2, 1998.

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Silva, F. M. C. da, & Abreu, J. C. A. de. (2020). O método analytic network process na instalação de polos de ensino a distância: uma análise bibliométrica. Revista De Graduação USP, 4(1), 5-17. https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p5-17

Edição

Seção

Artigos