Como (não) ler o romance policial: o caso Agatha Christie

Autores

  • Jean Pierre Chauvin Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p41-50

Palavras-chave:

Literatura Inglesa, Romance Policial, Agatha Christie, Personagens

Resumo

Este artigo defende um novo lugar para o romance policial, tendo em vista as qualidades intrínsecas desse gênero literário. A abordagem focaliza duas obras célebres de Agatha Christie: Assassinato no Expresso do Oriente (1934) e Poirot Perde uma Cliente (1937). Analisar as personagens e narradores que a autora criou constitui método seguro para interpretações mais produtivas, que permitem ao investigador revalorizar a ficção detetivesca, discutir o papel dos best-sellers: obras que estimulam a leitura e a permanência do gênero policial no âmbito da cultura.

Referências

ALBUQUERQUE, Paulo de Medeiros e. O Mundo Emocionante do Romance Policial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979.

CHRISTIE, Agatha. Poirot Perde uma Cliente. Tradução de Cássia Zanon. Porto Alegre: L&PM, 2010.

CHRISTIE, Agatha. Assassinato no Expresso do Oriente. Tradução de Archibaldo Figueira. Rio de Janeiro: Harper Collins Brasil, 2017.

DUCROT, Oswald. O Dizer e o Dito. Tradução de Eduardo Guimarães. Campinas: Pontes, 1987.

GENETTE, Gérard. Paratextos Editoriais. 2 ed. Tradução de Álvaro Faleiros. Cotia: Ateliê, 2018.

JAUSS, Hans Robert. A História da Literatura como Provocação à Teoria Literária. Tradução de Sérgio Tellaroli. São Paulo: Ática, 1994.

LINS, Álvaro. No Mundo do Romance Policial. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde [Serviço de Documentação], 1953.

MANDEL, Ernest. Delícias do Crime: História Social do Romance Policial. Tradução de Nilton Goldmann. São Paulo: Busca Vida, 1988.

MIJOLLA-MELLOR, Sophie. Un Divan pour Agatha Christie. Le Boucat: L’Esprit du Temps, 2006.

MOISÉS, Massaud. A Criação Literária: Poesia e Prosa. São Paulo: Cultrix, 2015.

ORLANDI, Eni P. Análise de Discurso: Princípios & Procedimentos. 11 ed. São Paulo: Pontes, 2013.

PONTES, Mario. Elementares: Notas sobre a História da Literatura Policial. Rio de Janeiro: Odisseia Editorial, 2007.

PRATES, Tito. Agatha Christie From My Heart. Torres: Illuminare, 2016.

REIMÃO, Sandra. O que é Romance Policial. São Paulo: Brasiliense, 1983.

WILSON, Edmund. Classics and Commercials: a Literary Chronicle of the Forties. 2a reimp. Nova York: Farrar, Straus and Company, 1951.

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Chauvin, J. P. (2020). Como (não) ler o romance policial: o caso Agatha Christie. Revista De Graduação USP, 4(1), 41-50. https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p41-50

Edição

Seção

Artigos