Disciplina de inspeção sanitária: alteração de cronograma e avaliação de graduandos em medicina veterinária

Autores

  • Victor Chiaroni Galvão Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia .
  • Simone de Carvalho Balian Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p119-123

Palavras-chave:

Inspeção Sanitária, Avaliação, Desempenho, Graduação

Resumo

A disciplina de Inspeção Sanitária dos Produtos de Origem Animal (ISPOA) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo passou por várias transformações ao longo do tempo devido aos avanços tecnológicos e científicos. O cronograma da disciplina de ISPOA foi reformulado em blocos de conteúdos estreitamente correlatos ou em blocos em que os assuntos não se relacionavam. Houve a aplicação de uma nova metodologia de avaliação de aprendizagem que ocorreu ao fim de cada bloco de conteúdo através de prova teste múltipla escolha (PTME). A amostra deste estudo foi formada por 168 alunos do 9º semestre de medicina veterinária entre os anos 2017 e 2018. Foram utilizadas análise estatística descritiva e multivariada (teste t) dos dados. Os resultados demonstraram que houve aumento das notas entre os anos de 2017 e 2018. O resultado do teste t foi de t = 1,12-24, ou seja, p < 0,05 evidenciando que ocorreu diferença estatística entre as médias das notas entre os alunos de 2017 e 2018. Conclui-se que a organização da disciplina de ISPOA e a aplicação das PTME após os blocos de conteúdo aumentaram o desempenho dos alunos.

Referências

BALLESTER, M. Avaliação como Apoio à Aprendizagem. Porto Alegre: Editora Artmed, 2003.

BOLLELA, V. R.; BORGES, M. de C. & TRONCON, L. E. de A. “Avaliação Somativa de Habilidades Cognitivas: Experiência Envolvendo Boas Práticas para a Elaboração de Testes de Múltipla Escolha e a Composição de Exames”. Revista Brasileira de Educação Médica, vol. 4, n. 42, 2018, pp. 74-85.

HAIR, J.; ANDERSON, R. & BABIN, B. Multivariate Data Analysis: a Global Perspective. 7 ed. Upper Saddle River: Prentice Hall, 2009 , p. 785.

LUNDÉN, J.; BJORKROTH, J. & KORKEALA, H. “Meat Inspection Education in Finnish Veterinary Curriculum”. Journal of Veterinary Medicine Educational, vol. 2, n. 34, 2007.

REYNOLDS, C. R.; LIVINGSTON, R. B. & WILLSON, V. Measurement and Assessment in Education. 2 ed. Texas: Editora Pearson, 2008.

SILVA, D. S. G. da; MATOS, P. M. de S. & ALMEIDA, D. M. de. “Métodos Avaliativos no Processo de Ensino e Aprendizagem: uma Revisão”. Cadernos de Educação | FaE/PPGE/UFPel, n. 47, 2014, pp. 73-84 . Disponível em: <http://dx.doi.org/10.15210/caduc.v0i47.4651>. Acessado em 20 dez. 2018.

SMULDERS, F. J. M.; BUNCIC, S.; FEHLHABER, K.; HUEY, R. J.; KORKEALA, H.; PRIETO, M. & STEINHAUSEROVA, I. “Toward Harmonization of the European Food Hygiene/Veterinary Public Health Curriculum”. Journal of Veterinary Medicine Educational, vol. 2, n. 39, 2012, pp. 169-179 .

WORLD ORGANISATION FOR ANIMAL HEALTH (OIE). “Veterinary Education Core Curriculum”. Paris, 2013. Disponível em: <http://www.oie.int/Veterinary_Education_Core_Curriculum.pdf>. Acessado em 27 mar. 2019.

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Galvão, V. C., & Balian, S. de C. (2020). Disciplina de inspeção sanitária: alteração de cronograma e avaliação de graduandos em medicina veterinária. Revista De Graduação USP, 4(1), 119-123. https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v4i1p119-123

Edição

Seção

Relatos