Proveniência dos arenitos da Bacia de Campos (Andar Alagoas) por meio da composição da granada

  • Cristiane Zatt Costa Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Instituto de Geociências
  • Marcus Vinicius Dorneles Remus Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Instituto de Geociências
Palavras-chave: Proveniência, Bacia de Campos, Granada, Andar Alagoas.

Resumo

Neste trabalho, realizou-se um estudo da composição química da granada para a identificação das principais rochas-fonte envolvidas na proveniência dos arenitos da Bacia de Campos, Andar Alagoas. Em análises obtidas por microssonda eletrônica, dos 17 poços do segmento offshore do estudo, verificou-se a contribuição de diferentes rochas-fonte portadoras de granadas, identificadas como dos tipos A, B e C. Entre elas, predominaram as granadas do tipo B. Um refinamento dessa classificação permitiu categorizar tais granadas em granadas do tipo Bi, derivadas de rochas ígneas ácidas e intermediárias, notadamente granitoides. A ausência ou pequena incidência de zonações composicionais e de inclusões, embora não excluam totalmente as outras categorias, apontam para essa classificação. Granadas do tipo D e E não aparecem em nenhuma das amostras analisadas. A interpretação dos resultados de aproximadamente 4.000 análises das 65 amostras indicou duas contribuições principais para a proveniência desses arenitos: no setor sul da bacia, material derivado do terreno Cabo Frio (rochas metamórficas da fácies anfibolito superior a granulitos, granitos, metapelitos aluminosos e secundariamente metabasitos) e, na porção norte da bacia, derivação do terreno oriental do Orógeno Ribeira (terreno de alto grau e granitoides associados). A direção de suplemento sedimentar mais importante é de sudoeste para nordeste, interpretada como resultado da identificação dessa maior contribuição do terreno-fonte. Os arenitos localizados no setor norte, com granadas derivadas do tipo B e Bi, sobretudo, indicam a presença dominante de rochas granitoides na área-fonte. Essas rochas-fonte geram areias de composição mais quartzosas e/ou quartzo-feldspáticas, com maior potencial para produzirem arenitos-reservatórios de melhor qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Zatt Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Instituto de Geociências


Publicado
2016-07-28
Como Citar
Costa, C., & Remus, M. V. (2016). Proveniência dos arenitos da Bacia de Campos (Andar Alagoas) por meio da composição da granada. Geologia USP. Série Científica, 16(2), 83-100. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v16i2p83-100
Seção
Artigos