O pacto narcísico da casa-grande: a representação das mulheres negras a partir de Lélia Gonzalez e Gilberto Freyre

  • Marina de Oliveira Reis
Palavras-chave: Racismo, Sexismo, Colonial, Mulheres Negras, Imagens controladoras

Resumo

A partir da obra Casa-grande & senzala, de Gilberto Freyre, este artigo investiga a construção de mitos e estereótipos relacionados à representação das mulheres negras no período colonial. Resgatando o pensamento de Lélia Gonzalez, busca-se demonstrar que essa representação distorcida é constantemente atualizada, de modo a reservar um lugar social de silenciamento, objetificação e violência para as mulheres negras.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-02-02
Como Citar
Reis, M. (2019). O pacto narcísico da casa-grande: a representação das mulheres negras a partir de Lélia Gonzalez e Gilberto Freyre. Humanidades Em Diálogo, 9(1), 93-101. https://doi.org/10.11606/issn.1982-7547.hd.2019.154274
Edição
Seção
Dossiê: Gênero - presença e representações