A importância de Julius Kaiser para a Organização do Conhecimento: um estudo comparativo com as perspectivas de Cutter, Otlet e Ranganathan

  • Rodrigo de Sales Universidade Federal Fluminense, IACS/GCI.
  • José Augusto Chaves Guimarães Unesp, campus de Marília
Palavras-chave: Organização do conhecimento, Indexação, Método analítico-sintético, Julius Kaiser, Cutter, Otlet, Ranganathan

Resumo

A indexação sistemática elaborada por Julius Kaiser em princípios do século XX, embora não tenha alcançado merecido destaque nos cursos e na literatura de Biblioteconomia e Ciência da Informação, ao definir a análise e a síntese de assuntos especializados com base no princípio de categorização, fincou bases fundamentais para o quadro teórico e metodológico da organização do conhecimento. O presente artigo, por meio de em exercício reflexivo, cotejou a forma de organização do conhecimento elaborada por Kaiser com princípios e métodos desenvolvidos por alguns de seus contemporâneos, como Cutter, Otlet e Ranganathan. Revelaram-se interlocuções teóricas e metodológicas que fundamentalmente colocam Kaiser no rol dos desenvolvedores centrais do campo epistemológico da organização do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo de Sales, Universidade Federal Fluminense, IACS/GCI.
Departamento de Ciência da Informação - GCI
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI
Universidade Federal Fluminense - UFF
Publicado
2016-04-05
Como Citar
SALES, R.; GUIMARÃES, J. A. A importância de Julius Kaiser para a Organização do Conhecimento: um estudo comparativo com as perspectivas de Cutter, Otlet e Ranganathan. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 7, n. 1, p. 43-65, 5 abr. 2016.
Seção
Artigos