Documentar as Artes. Entre dois Pólos: um Arquivo de Objetos e Papeis e um Arquivo Nativo digital

Autores

  • Francesca Zanella Universidade de Parma

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v7i2p4-22

Palavras-chave:

Arquivos Digitais, Arquivos de Arte Visual, Práticas de Arte Contemporânea, Arte Italiana, Arte não realizada, Projetos

Resumo

Através dessa contribuição, pretende-se enfrentar um âmbito bastante articulado e vasto como o dos arquivos, objetos de amplo debate, através de dois estudos de caso diferentes por história e natureza, o Centro Studi e Archivio della Comunicazione da Universidade de Parma – CSAC – e o MoRE, Museum of Refused and Unrealised Art Projects – http://www.moremuseum.org/omeka/. Dois arquivos dedicados à pesquisa artística e projetual contemporânea, no primeiro caso italiana, a partir das primeiras décadas de 1900, o segundo internacional e italiana, da segunda metade de 1900 e contemporânea. Os dois arquivos estão relacionados por um objetivo comum: a necessidade de conjugar a pesquisa sobre a contemporaneidade através da coleta e arquivamento de documentos do fazer artístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francesca Zanella, Universidade de Parma

Presidente CSAC e Pro-reitora Assuntos Gerais e Legais e Coordenação de Atividades de Internacionalização

Downloads

Publicado

2016-10-07

Como Citar

ZANELLA, F. Documentar as Artes. Entre dois Pólos: um Arquivo de Objetos e Papeis e um Arquivo Nativo digital. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 4-22, 2016. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v7i2p4-22. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/121368. Acesso em: 30 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos