O fenômeno informacional indígena e o processo de documentação

  • Rodrigo Piquet Saboia de Mello Museu do Índio/Fundação Nacional do Índio
Palavras-chave: Documentação, Informação, Indigenismo

Resumo

O artigo procura refletir as relações existentes entre as informações contidas nos repositórios públicos do Estado brasileiro referentes à temática indígena, as diretrizes que norteiam o trabalho indigenista e outras discussões advindas da Documentação e do processo de autonomia informacional dos povos indígenas. Este processo de criação documental gerou num primeiro momento o poder de controle do Estado para com os povos indígenas, e, posteriormente, o mesmo grupo que havia sido vigiado e controlado pode se apoderar das ferramentas criadas pelo próprio Estado para se empoderarem e lutarem de maneira qualificada para a conquista e manutenção de seus territórios e de suas especificidades culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Piquet Saboia de Mello, Museu do Índio/Fundação Nacional do Índio

Doutorando e mestre em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI - do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT/Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Especialista em Gestão em Administração Pública pelo Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Fluminense - UFF. Especialista pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ - no Curso de Especialização Saberes e Práticas na Educação Básica com Ênfase em Ensino de Sociologia. Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense - UFF - com os títulos de licenciatura e bacharelado. Também possuo o bacharelado em Biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Atualmente, servidor público estatutário da Fundação Nacional do Índio - FUNAI - no cargo de Indigenista Especializado lotado no Museu do Índio na Chefia do Núcleo de Biblioteca e Arquivo - NUBARQ e Coordenador de Patrimônio Cultural Substituto. Professor Docente I - 16 horas da disciplina de Sociologia em regime estatutário da Secretaria de Estado de Educação - SEEDUC - do Estado do Rio de Janeiro. É integrante do grupo de pesquisa Informação, Memória e Sociedade, registrado no diretório do CNPq.

Publicado
2018-06-01
Como Citar
PIQUET SABOIA DE MELLO, R. O fenômeno informacional indígena e o processo de documentação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 9, n. 1, p. 93-108, 1 jun. 2018.
Seção
Artigos