Preservação de memória, o qbit e a criptografia quântica

Autores

  • Alvaro Caetano Pimentel Sobrinho Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v9i2p71-88

Palavras-chave:

Memória, Bit, Qbit, Armazenamento, Criptografia

Resumo

Este artigo apresenta uma análise sobre a preservação da memória com a utilização dos dispositivos tecnológicos e com a introdução do conceito do bit quântico (q-bit). A proposta considera a possibilidade de transmitir e preservar a memória utilizando conceitos da física quântica, estudos sobre a mediologia e a angelética e as possibilidades de armazenamento com o uso dos meios magnéticos atuais. Há, ainda, uma breve explanação sobre as possibilidades de segurança da preservação de memória com a utilização de criptografia quântica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alvaro Caetano Pimentel Sobrinho, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Graduado em Telecomunicações, Mestre em Tecnologia da Informação e Comunicação,Doutorando em Ciência da Informação. Administrador de Dados e ASG-Rochade na Petrobras, Data Base Administrator em Oracle, DB2 e Idms

Downloads

Publicado

2018-10-29

Como Citar

PIMENTEL SOBRINHO, A. C. Preservação de memória, o qbit e a criptografia quântica. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 9, n. 2, p. 71-88, 2018. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v9i2p71-88. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/139502. Acesso em: 20 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos