O discurso sobre a biblioteca escolar na rede eletrônica: sentidos a perder de vista

  • Ludmila Ferrarezi USP - FFCLRP (Ribeirão Preto - SP.)
  • Lucília Maria S. Romão USP - FFCLRP (Ribeirão Preto - SP.)
Palavras-chave: Análise do discurso, Biblioteca escolar, Redes eletrônicas

Resumo

Neste trabalho, objetivamos estudar discurso e rede eletrônica para observar como sujeitos fazem falar sentidos de biblioteca escolar, leitura e bibliotecário em uma lista de discussão e em um blog. Anotamos que memória discursiva como condição de todo dizer, sujeito como posição e discurso como efeito de sentidos entre interlocutores serão as bases conceituais que apoiarão nosso estudo. Assim, tomando os postulados da teoria discursiva fundada por Michel Pêcheux, interessa-nos interpretar um corpus coletado on-line e cujos recortes apontam a Internet como um observatório de sentidos mais plurais, dados pelos confrontos entre diferentes formações discursivas que se misturam, entre sentidos e sujeitos em movimento constante e interação, propiciada pela volatilidade da rede e pela maleabilidade do discurso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ludmila Ferrarezi, USP - FFCLRP (Ribeirão Preto - SP.)
Bacharel em Ciências da Informação e da Documentação e Biblioteconomia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP/USP). Atualmente é mestranda em Psicologia pela FFCLRP/USP.
Lucília Maria S. Romão, USP - FFCLRP (Ribeirão Preto - SP.)
Professora do curso de Ciências da Informação e Documentação da USP de Ribeirão Preto.
Publicado
2010-07-20
Como Citar
Ferrarezi, L., & Romão, L. M. (2010). O discurso sobre a biblioteca escolar na rede eletrônica: sentidos a perder de vista. InCID: Revista De Ciência Da Informação E Documentação, 1(1), 56-76. https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v1i1p56-76
Seção
Artigos