Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Ações de informação e práticas documentárias como políticas difusas de memória

Geni Chaves Fernandes

Resumo


Os estudos teórico-epistemológicos de González de Gómez e Frohmann sobre as ações de informação e práticas que produzem documentos e informações permitem encontrar proximidades com as reflexões sobre a história e a memória, permitindo visualizar-se um dispositivo implicado na construção da memória, que chamamos de políticas difusas de memória. As reflexões dos historiadores e estudiosos da memória social acerca de suas responsabilidades com as narrativas do passado devem ser estendidas a outros atores, especialmente aos pesquisadores dos campos de estudos da informação e do documento.


Palavras-chave


Ações de informação, Práticas documentárias, Memória

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v2i1p208-226

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




USP - Universidade de São Paulo

FFCLRP - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto

BCID - Biblioteconomia e Ciências da Informação e da Documentação

ISSN Eletrônico 2178-2075

Qualis/CAPES 2015:

  • B1 - Comunicação e Informação
  • B3 - Artes/Música
  • B4 - Interdisciplinar
  • B4 - Sociologia
  • B4 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo