Condições teóricas para a integração epistemológica da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia na Ciência da Informação

Autores

  • Carlos Alberto Avila Araújo Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v2i2p19-41

Palavras-chave:

Ciência da Informação, Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia

Resumo

Neste artigo são apresentadas as condições teóricas que possibilitam a integração epistemológica da Arquivologia, da Biblioteconomia e da Museologia no escopo da Ciência da Informação. Para isso, são apresentadas primeiramente as conformações históricas que propiciaram essas três áreas e o estabelecimento de um primeiro modelo de cientificidade. A seguir, são apresentadas diversas teorias formuladas ao longo do século XX, agrupadas em cinco eixos, que apontam para superações do modelo inicial. Por fim, esse quadro é confrontado com os desenvolvimentos teóricos da Ciência da Informação. Argumenta-se que o conceito de informação tal como estudado recentemente pode favorecer o avanço das perspectivas teóricas nas três áreas e aponta para a possibilidade de sua integração epistemológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Avila Araújo, Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais

Professor adjunto da ECI/UFMG. Doutor em Ciência da Informação. Pós-doutorando pela Universidade do Porto com bolsa da CAPES.

Downloads

Publicado

2011-12-09

Como Citar

ARAÚJO, C. A. A. Condições teóricas para a integração epistemológica da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia na Ciência da Informação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 19-41, 2011. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v2i2p19-41. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42349. Acesso em: 25 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos