Práticas discursivas no cuidado com os corpos em Almodóvar: laços familiares atuais instituídos pelo sujeito feminino

Autores

  • Nadea Regina Gaspar UFScar
  • Eliana Mantovani Malvestio

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v2i2p54-66

Palavras-chave:

Análise fílmica, Michel Foucault, Almodóvar

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo compreender a função do sujeito “feminino” nos filmes de Pedro Almodóvar. Recorremos para tanto, à teoria da análise do discurso de Michel Foucault (1995), em sua compreensão sobre “enunciado” e “formações discursivas”. Este texto expõe aspectos desse percurso teórico para lidar com as questões que se nos apresentavam inicialmente: o que eleger na análise de um acervo fílmico, uma vez que, em quase todos os textos, no caso, desse diretor, as mulheres se fazem presentes? Como selecionar e relacionar nas análises as cenas e/ou as sequências fílmicas, neste universo de imagens em movimento? No sentido exposto, debruçamo-nos inicialmente frente a dezesseis (16) dos dezoito filmes de Almodóvar, e desses, delimitamos três (3) para esta análise: “Tudo sobre minha mãe” (1999), “Fale com ela” (2002) e “Volver”(2006). Como resultado, foi observado à presença constante de um enunciado que permeou o trabalho: “a prática dos cuidados realizados por sujeitos femininos aos seus familiares”. Este enunciado, embora pareça comum, nos filmes desse diretor surpreende, pois ele está vinculado a formação de um discurso bastante atual: “as novas constituições familiares derivadas das práticas do cuidado feminino”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nadea Regina Gaspar, UFScar

Departamento de Ciência da Informação. Área: Cultura e Discurso

Pós-graduação: Ciência, Tecnologia e Sociedade/Linha de Linguagens, Comunicação e Ciência. Local: UFSCar

Downloads

Publicado

2011-12-09

Como Citar

GASPAR, N. R.; MALVESTIO, E. M. Práticas discursivas no cuidado com os corpos em Almodóvar: laços familiares atuais instituídos pelo sujeito feminino. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 54-66, 2011. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v2i2p54-66. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42351. Acesso em: 25 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos